Início Mundial'2022

Kylian Mbappé: “Bis” à Polónia vale entrada no top 20 dos goleadores nos Mundiais

102

O avançado francês Kylian Mbappé chegou neste Domingo aos 9 golos em Mundiais de futebol, ao “bisar” na vitória sobre a Polónia, por 3-1, em jogo a contar para os Oitavos-de-Final do Mundial’2022, ultrapassando assim Cristiano Ronaldo e igualando Leonel Messi.

O jovem jogador do PSG já tem 5 tentos no Mundial’2022, depois de ter marcado 4 na campanha que conduziu a França ao seu segundo título Mundial em 2018, repetindo o feito de 1998.

Com o primeiro golo, aos 74 minutos, Mbappé igualou, ao 11º jogo, os 8 tentos do português Cristiano Ronaldo, em 20 encontros, e, com o segundo, aos 90 minutos, ficou com os mesmos 9 que o argentino Lionel Messi, em 23 embates.

Na tabela dos melhores marcadores em Mundiais, Mbappé também está ao lado de Eusébio, mas o “rei” conseguiu os seus 9 tentos em apenas uma edição, e 6 jogos, no ano de 1966.

Com apenas 23 anos de idade, o avançado gaulês, que ainda tem pela frente o resto do Mundial de 2022 e pode, se tudo correr normalmente, jogar pelo menos mais duas edições, vai agora em busca do melhor francês em Mundiais, que é Just Fontaine, com 13 golos, todos marcados no Mundial’1958.

No top-3 dos goleados estão os alemãe Miroslav Klose (líder, com 16 tentos) e Gerd Müller (terceiro, com 14) e o brasileiro Ronaldo Luís Nazário de Lima (segundo, com 15).

Quanto à seleção gaulesa, Mbappé assistiu hoje Olivier Giroud para este se isolar como melhor marcador, com o 52º golo, contra 51 de Thierry Henry, e, com os dois tentos, saltou já para o 7º lugar (33 golos), deixando para trás Zinédine Zidane.

Além de Giroud e Henry, só estão à frente do avançado do PSG Antoine Griezmann (42 golos), Michel Platini (41), Karim Benzema (37) e David Trezeguet (34), o seu próximo “alvo”.

Com o triunfo de hoje face à Polónia, a França marcou encontro nos Quartos-de-Final, com o vencedor do embate deste Domingo entre a Inglaterra e o Senegal.

Melhores marcadores de sempre em Mundiais:

1º Miroslav Klose (ALM) – 16 golos (5 em 2002, 5 em 2006, 4 em 2010 e 2 em 2014)

Nazário Lima “Ronaldo” (BRA) – 15 golos (4 em 1998, 8 em 2002 e 3 em 2006)

Gerd Muller (ALM) – 14 golos (10 em 1970 e 4 em 1974)

Just Fontaine (FRA) – 13 golos (1958)

Edson Arantes do Nascimento “PELÉ” (BRA) – 12 golos (6 em 1958, 1 em 1962, 1 em 1966 e 4 em 1970)

Sandor Kocsis (HUN) – 11 golos (1954)

Jürgen Klinsman (ALM) – 11 golos (3 em 1990, 5 em 1994 e 3 em 1998)

8ºs Helmut Rahn (ALM) – 10 golos (4 em 1954 e 6 em 1958)

Teófilo Cubillas (PER) – 10 golos (5 em 1970 e 5 em 1978)

Gary Liniker (ING) – 10 golos (6 em 1986 e 4 em 1990)

Thomas Muller (ALM) – 10 golos (5 em 2010 e 5 em 2014)

12ºs Grzegorz Lato (POL) – 10 golos (4 em 1974, 2 em 1978 e 1 em 1982)

Gabriel Batistuta (ARG) – 10 golos (4 em 1994, 5 em 1998 e 1 em 2002)

14º EUSÈBIO FERREIRA (POR) – 9 golos (1966)

15ºs Evaldo Neto “Vavá” (BRA) – 9 golos (5 em 1958 e 4 em 1962)

Jair Filho “Jairzino” (BRA) – 9 golos (7 em 1970 e 2 em 1974)

Paolo Rossi (ITA) – 9 golos (3 em 1978 e 6 em 1982)

Christian Vieri (ITA) – 9 golos (5 em 1998 e 4 em 2002)

Kylian Mbappé (FRA) – 9 golos (4 em 2018 e 5 em 2022)

20ºs Uwe Seeler (ALM) – 9 golos (2 em 1958, 2 em 1962, 2 em 1966 e 3 em 1970)

Karl-Heinz Rummenigge (ALM) – 9 golos (3 em 1978, 5 em 1982 e 1 em 1986)

Roberto Baggio (ITA) – 9 golos (2 em, 1990, 5 em 1994 e 2 em 1998)

David Villa (ESP) – 9 golos (3 em 2006, 5 em 2010 e 1 em 2014)

Lionel Messi (ARG) – 9 golos (1 em 2006, 4 em 2014, 1 em 2018 e 3 em 2022)