Pump Track 2022: Matilde Melo e Renato Silva apuram-se para o Mundial

Renato da Silva, Matilde Melo e Miguel Gaboleiro

Renato da Silva (Team BMX Quarteira) e Matilde Melo (Linda-a-Pastora Sporting Clube) conquistaram ontem, em Lisboa, os títulos nacionais absolutos de Pump Track e garantiram a qualificação para o Campeonato do Mundo desta disciplina, que irá disputar-se em Santiago, Chile, no próximo mês.

A prova esteve integrada na ronda lisboeta de qualificação para o Mundial. E o desempenho dos portugueses esteve à altura dos melhores participantes absolutos.

Entre a elite masculina impôs-se o campeão mundial. O francês Eddy Clerte, que conquistou a camisola arco-íris na pista do Parque das Nações, no ano passado, puxou pelos galões e bateu na final o belga Didi van Tiggel.

Na luta pelo terceiro lugar foi o português quem levou a melhor sobre o sueco Flip Svanberg.

Numa competição em que os quatro primeiros classificados carimbavam o passaporte para o Mundial do Chile, correram seis ciclistas no sector feminino de elite.

A suíça Eloïse Donzallaz foi a mais forte, relegando a eslovaca Kristína Nováková para a segunda posição. Numa luta entre portuguesas, Matilde Melo conseguiu a terceira posição e Mónica Gaboleiro ficou no quarto posto.

A disputa dos títulos nacionais, que irá continuar na manhã deste domingo com as provas para cadetes e juvenis, iniciou-se na tarde deste sábado. Foram atribuídos os títulos masculinos e femininos de +17 anos e masculinos de masters.

Cada participante teve direito a duas provas cronometradas, contabilizando o melhor dos dois tempos para efeitos de classificação.

O título absoluto masculino de Renato da Silva foi conseguido com um registo de 27,853 segundos. Seguiram-se Adrian Moldovan (Núcleo Bicross de Setúbal/Knowledge Inside), com 31,484 segundos, e Pedro Oliveira, com 31,497 segundos.

Matilde Melo conquistou o título feminino com 34,161 segundos. Mónica Gaboleiro chegou à segunda posição com 40,051 segundos. Ana Leite (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) fechou o pódio, graças ao registo de 42,987 segundos.

A competição master teve em Miguel Gaboleiro o mais veloz. O ciclista, que corre como individual, conseguiu parar o cronómetro em 29,655 segundos. Dário Piedade (Team BMX Quarteira), com 31,029 segundos, ocupou a posição imediata. O terceiro, com 31,327 segundos, foi Cláudio Cruz.

A animação continua na pista do Parque das Nações na manhã de domingo. Os treinos decorrem entre as 9h00 e as 10h30. A competição acontece das 11h00 às 13h00.

Exit mobile version