Home Adaptado

CPP: João Manuel Lourenço preocupado com a renovação de atletas no desporto paralímpico

O presidente do Comité Paralímpico de Portugal (CPP), João Manuel Lourenço, afirmou recentemente que o maior desafio nesta área passa por trazer mais pessoas para a prática desportiva, admitindo dificuldades na renovação de atletas.

“Estamos a ter alguma dificuldade na renovação, embora haja a perceção de que existem mais atletas até pela notoriedade do desporto paralímpico e de pessoas com deficiência ganha na sociedade”, disse o dirigente à Agência Lusa, em Coimbra, onde esta 2ª Feira decorreu o Dia Paralímpico Nacional, no âmbito do 14º aniversário do CPP.

No entanto, salientou João Manuel Lourenço, o país precisa que haja mais pessoas para a prática desportiva, “que garanta o futuro desta dimensão desportiva e que assegurem a renovação e o que é normal em qualquer dimensão da vida e também no desporto”.

O presidente do CPP considerou importante “ter novos talentos para substituírem os atuais, quando chegarem o momento de saírem”.

Para o dirigente, os altos índices de sedentarismo da população portuguesa, sobretudo nos jovens, que se nota ainda mais nas pessoas com deficiência, é um dos fatores que retarda a renovação dos atletas.

“O nosso desafio é trazer mais pessoas, com ou sem deficiência, para a prática desportiva e fazer com que aumentem a sua qualidade de vida e se aumente a inclusão pelo desporto, que é também um dos nossos grandes objetivos”, disse.

Na cerimónia de abertura do Dia Paralímpico Nacional, João Manuel Lourenço congratulou-se com o facto das condições financeiras para o projeto paralímpico irem ser iguais às do projeto olímpico.

“Está concretizada uma ambição muito antiga de termos igualdade de condições financeiras para a preparação dos atletas e treinadores, sejam ao nível das bolsas ou dos prémios de mérito desportivo”, sublinhou.

Trata-se do primeiro ciclo em que os atletas paralímpicos vão estar abrangidos por estes apoios do Governo, que, segundo o secretário de Estado da Juventude e Desporto, deverão ser assinados dentro de poucas semanas.

O apoio do Governo para a preparação e participação nos próximos Jogos Paralímpicos, previstos para 2024, em Paris (França), vai ser de 9,2 milhões de euros.

Exit mobile version