Início Adaptado

Europeus Virtus 2022: Mais 8 medalhas para Portugal em Cracóvia

138
Europeus Virtus 2022 - Cracóvia

A Selecção Nacional que está a disputar os Europeus VIRTUS em Cracóvia, na Polónia, até 24 de julho, continua imparável, conquistando ontem mais oito medalhas (três de ouro, duas de prata e três de bronze) a somar às nove já arrecadadas desde o início da competição a 19 de julho.

O capitão da equipa Lusa, Lenine Cunha, continua a fazer soar A Portuguesa em Cracóvia, com mais uma medalha de ouro, ontem no salto em comprimento, com a marca de 6,39 metros, título europeu que junta aos já conquistados do triplo-salto e do heptatlo.

Juntaram-se a Lenine Cunha, os velocistas Igor Oliveira e Cláudia Santos, que se sagraram campeões europeus de 100 metros, respectivamente, em 10,96s e 13,13s.

De prata foi a prestação de Inês Fernandes, no lançamento do disco, mas com sabor a ouro. A também vice-campeã do lançamento do martelo e do peso, bateu hoje o seu recorde pessoal no disco, fixando-o em 36,55 metros.

Ana Filipe somou o título de vice-campeã europeia de triplo-salto ao de vice-campeã do salto em comprimento, que foi alcançado com a marca de 5,23 metros, sendo que não esteve sozinha no pódio.

Cláudia Santos fez-lhe companhia, na terceira posição, com a marca de 5,18 metros.

Sandro Baessa conquistou o bronze nos 400 metros, com a marca de 49,89s.

Antes de terminar esta jornada, Lenine Cunha, Igor Oliveira e Sandro Baessa voltaram a subir ao pódio, desta vez acompanhados por Cristiano Silva Pereira (que já tem o bronze nos 3000 metros obstáculos), para receberem a medalha de bronze nos 4×100 metros.

Colectivamente, Portugal passou para primeiro lugar em masculinos e desceu à terceira posição em femininos.