Início Mod. individuais Vela

Mirpuri Sailling Trophy 2022: Conhecidos os primeiros vencedores

243
The Good Bottle - Mirpuri Sailling Trophy 2022

O Green Dragon, de Johannes Schwarz, em NHC Tempo Real; o Rational – German Kitchens, de Miguel Graça em ORC; o BTeam em SB20; e Manuel Plantier, em Optimist, são os primeiros líderes do Mirpuri Foundation Sailing Trophy, uma das mais prestigiadas e ansiadas regatas do calendário anual, que teve ontem o seu início em Cascais.

Com a organização do Clube Naval de Cascais (CNC) e da Mirpuri Foundation, arrancou ontem em Cascais o Mirpuri Foundation Sailing Trophy, regata internacional que promove a preservação dos Oceanos.

A prova, que está na sua terceira edição, conta com a participação de mais de 80 equipas / embarcações nas Classes Optimist, SB20, ORC, NHC e VO65.

E o evento não poderia ter iniciado de melhor maneira, com a largada da primeira regata do dia dada por uma bateria de tiros de canhão, directamente do Navio da República Portuguesa Sines, onde esteve presente o Chefe de Estado Maior da Armada, Almirante Gouveia e Melo; o Presidente da Federação Portuguesa de Vela, Mário Quina; e o antigo Comodoro do Clube Naval de Cascais, Miguel Horta e Costa.

A disputa do primeiro dia do Troféu começou com a frota de cruzeiros, composta pelas classes NHC, ORC e VO65. A largada foi dada com vento ainda ‘tímido’, a soprar de Sueste com 6 nós de intensidade. Como sempre, Cascais nunca desaponta os velejadores, e a meio do percurso o vento já soprava de Noroeste com 15 nós de intensidade, permitindo que todas as equipas completassem um percurso de 18 milhas.

O Green Dragon, de Johannes Schwarz (RORC), foi o primeiro barco a cortar a linha de chegada, vencendo assim em tempo real a classe NHC.

Em 2º lugar ficou o Green Eyes, de Paulo Mirpuri (CNCascais), e em 3º o Rational German Kitchens, de Miguel Graça (CNCascais). O Rational German Kitchens venceu em tempo corrigido no sistema de abono NHC, seguido do Cristina A, de Francisco Brito e Abreu (CNCascais) e do Pede Mar, de Rui Ferreira (ANLisboa).

O Rational German Kitchens também lidera a tabela de classificação entre os ORC A e o 2Hot2Handle é o líder da ORCB.

A classe VO65 largou juntamente com os outros cruzeiros, mas cumpriu com um percurso mais longo, de 25 milhas. A vitória foi da Equipa da casa do Mirpuri Foundation – Racing for The Planet, de Jack Boutherell.

Em 2º lugar ficou o The Austrian Ocean Race Project, de Gerwin Jansen.

Neste primeiro dia de provas, a classe SB20 realizou duas regatas. Na primeira a vitória foi de Hugo Mastbaum, Luís Queiroz e Pedro Garcia com o inetum PositiveDigitalFlow.

Na 2ª regata foi a vez do BTeam, de Stanislav Gordienko e Artem Basalkin a finalizar no primeiro lugar. Ao fim do dia a tabela de classificação aparece com o Bteam em 1º lugar, o o inetum PositiveDigitalFlow em 2º e, em 3º lugar o Giboia, de Rui Bóia, Martim Bóia e José Gonçalves, todas as três tripulações do CNCascais.

A disputa pelos lugares cimeiros do Mirpuri Foundation Youth Trophy foi bastante acirrada. A frota da Classe Optimist, a mais numerosa do evento, composta por 44 jovens velejadores, conseguiu completar duas regatas.

Destaque para Manuel Plantier, da ANLisboa, que ocupa a 1ª posição da geral, seguido por Juliana Bastianelli, do ICBahia, e por Vasco Cortez, do SADafundo em 3º.

Hoje, segundo dia do Mirpuri Foundation Sailing Trophy, todas as frotas voltam à água para mais um dia de competição, com todas as equipas a lutarem pelos lugares cimeiros do pódio e dos prémios em competição.