Início Mod. individuais Motocross

CNSE Moto Espinha 2022: Vitória de Diogo Vieira em Penafiel

350
Diogo Vieira - Super Enduro 2022 - Penafiel

Foi em ambiente de festa que começou o campeonato nacional Super Enduro – Moto Espinha. Integrada no programa do Penafiel Racing Fest a prova inaugural do calendário mostrou mais uma vez toda a espectacularidade de uma disciplina onde Diogo Vieira continua a ser a referência absoluta.

Para acolher este primeiro confronto do ano foi criada uma pista com 500 metros de extensão, que se revelou adequada ao nível técnico dos pilotos e proporcionou excelentes momentos de competição, não só aos que assistiram à prova ao vivo, mas igualmente a todos os que acompanharam a mesma através do ‘livestream’ que pela primeira vez levou a todo o planeta uma prova deste campeonato.

Com vitória em todas as fases da competição, o piloto de Vila Nova de Gaia iniciou de forma perfeita e em noite marcada por forte presença popular e elevadas temperaturas um campeonato onde mais uma vez quer conquistar o ceptro final, vencendo todas as três finais para somar 62 pontos, perdendo apenas na qualificação para Luís Oliveira.

Na segunda posição terminou Luís Oliveira, que depois de ter ter sido batido por Joel Vieira na primeira final chamou a si o segundo posto nas restantes e fechou a ‘festa de Penafiel’ com quatro pontos de vantagem sobre Vieira, o ocupante do degrau mais baixo do pódio na frente de André Mouta e Paulo Esteves.

Com 14 pilotos em pista, a categoria Open foi mais ‘dividida’ e viu dois pilotos distintos vencer: Norberto Teixeira e Diogo Macedo. Este, ao não pontuar na primeira final, acabou por não conseguir recuperar para a concorrência e foi o quarto no final da noite, com Teixeira a conseguir a vitória, fruto de uma maior regularidade que após as três corridas lhe fechou a contagem com dois pontos de margem sobre Albano Mouta e quatro pontos face a Rui Nogueira.

Igualmente com 14 pilotos em prova a classe Hobby foi ganha por Hugo Pinto, o primeiro em todas as três corridas.