Início Mod. individuais BTT

Europeu de BTT 2022: António Morgado 9º no contrarrelógio em Anadia

187
António Morgado - Ciclista

António Morgado foi o melhor português na primeira manhã de competição no Campeonato da Europa de Estrada, conseguindo o nono lugar no contrarrelógio individual de sub-19, disputado em Sangalhos, Anadia.

O corredor da Selecção Nacional completou os 22 quilómetros de esforço individual em 29m20s, numa corrida em que o calor foi um poderoso adversários de todos os ciclistas. A recuperar de uma infecção por SARS-CoV-2 (Covid-19), Morgado obteve um bom resultado, apesar das sensações.

Senti-me mal durante quase todo o percurso, com dificuldades em respirar. Nos últimos seis quilómetros vinha ‘morto’”, descreve António Morgado, que se valeu do espírito de sacrifício para alcançar o primeiro top-10 da carreira em Campeonatos da Europa.

Gonçalo Tavares foi o outro representante nacional na corrida masculina de sub-19, terminando no 16º posto, com 29m56s, o que lhe valeu melhorar o 19º lugar do Europeu anterior.

As pernas estavam bem, mas senti algumas dificuldades em respirar, talvez devido à Covid-19, que tive recentemente”, explica o jovem de Proença-a-Nova.

A medalha de ouro foi conquistada pelo grande favorito, o luxemburguês Mathieu Kockelmann, com 28m06s, menos 19 segundos do que o belga Jens Verbrugghe e menos 35 do que o alemão Emil Herzog, que o acompanharam no pódio.

Mariana Líbano, depois de competir no Europeu de BTT na semana passada, iniciou hoje a participação no Campeonato da Europa de Estrada. Fê-lo estreando-se a este nível em contrarrelógios. Não foi a estreia mais feliz, uma vez que partiu a mudança da bicicleta no segundo dos 22 quilómetros de corrida.

Foi uma pena. Com a avaria, perdemos muito tempo, talvez mais de dois minutos, até porque a Mariana teve de fazer quase todo o contrarrelógio com a bicicleta normal de estrada”, explica o seleccionador nacional de ciclismo feminino, José Luis Algarra.

Mariana Líbano acabaria a prova na 34ª posição, com 39m16s, a 5m46s da alemã Justyna Czapla, que triunfou, com 33m30s. A francesa Eglantine Rayer gastou mais 45 segundos do que a vencedora, o que lhe valeu a medalha de prata. O pódio fechou com a belga Febe Jooris, que ficou a 48 segundos da primeira.

O Campeonato da Europa de Estrada prossegue na tarde desta quinta-feira, com os contrarrelógios de sub-23. Portugal estará representado por Beatriz Pereira (parte às 15h07), Daniela Campos (15h20) e Pedro Andrade (16h21).