Início Mod. individuais Ciclismo

Troféu Joaquim Agostinho 2022: Tiago Antunes de Amarelo no Turcifal

103
Tiago Antunes - Troféu Joaquim Agostinho 2022 - 1º Dia

Tiago Antunes (Efapel Cycling) deu hoje continuidade ao bom momento de forma que atravessa, impondo-se no prólogo do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho.

O contrarrelógio de 8 quilómetros, disputado num final de tarde de muito vento, permitiu marcar as primeiras diferenças já com algum significado. Tiago Antunes foi o mais forte, pedalando à média de 46,228 km/h para vencer o exercício individual com 10m23s.

Os restantes lugares do pódio foram ocupados por dois homens da Euskaltel-Euskadi, equipa que colocou quatro ciclistas no top-10 e toda a equipa nos quinze primeiros. O segundo classificado foi Mikel Aristi, a 6 segundos do vencedor, e o terceiro Asier Etxeberria, a 7 segundos de Tiago Antunes. Este é também o ordenamento da classificação geral.

O desempenho global da Euskaltel-Eusladi valeu aos bascos o primeiro lugar na classificação por equipas, estando ainda um corredor do conjunto que veste de laranja, Xabier Isasa, no topo da classificação por equipas.

Sabia que estava em boa forma, mas há corredores mais fortes no contrarrelógio. Por isso, não contava com esta vitória. Mas é sempre uma alegria vencer.

Agora estamos na liderança e amanhã vamos tentar defender esta posição. Esta é a corrida da minha região, estou em casa, o que dá uma motivação extra.

Os resultados demonstram que estou em boa forma e espero que os próximos dias continuem a demonstrá-lo. Amanhã vamos tentar discutir a vitória com o nosso homem rápido, o Rafael Silva”, anunciou Tiago Antunes após o sucesso de hoje.

A primeira etapa em linha, nesta sexta-feira, vai ligar a Adega de S. Mamede da Ventosa, em Torres Vedras, a Sobral de Monte Agraço, ao longo de 150,8 quilómetros. Apesar de se disputar no tradicional terreno ondulado do Oeste, é uma etapa com potencial para proporcionar uma chegada ao sprint.