Início Mod. individuais Atletismo

Resultados da 1ª Jornada dos Campeonatos de Portugal em Leiria

101
Cátia Azevedo - Circuito de Meetings 2022 - Leiria

A recordista de Portugal Cátia Azevedo conseguiu a sua segunda melhor marca do ano nos 400 metros, destacando-se na primeira jornada dos Campeonatos de Portugal que estão a decorrer em Leiria, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa. Todas as qualificadas para Eugene venceram.

Foi uma excelente corrida de Cátia Azevedo (Sporting), nos 400 metros, com a recordista de Portugal a obter o seu oitavo título de campeã (é a mais titulada da história da distância) com a marca de 51s60”, deixando para trás a bracarense Carina Vanessa (54,13).

No final da corrida, a sportinguista, que bateu o recorde dos campeonatos, mostrou-se “desapontada com o público, que estava muito ‘morto’, não ajudando muito”, confessando que a preparação estava a ser um pouco atribulada, pois voltou a ter Covid-19, “não me deixando treinar bem“.

Mas sinto que estou consistente, como mostra este resultado em contrarrelógio, e sei que a marca que espero está prestes a sair”.

Para além de Cátia Azevedo, que já tem qualificação para os Mundiais de Oregon’2022 e para os Europeus de Munique’2022, também venceram categoricamente as suas provas, a recordista nacional dos 100 metros, Lorene Bazolo (Sportign), que cortou a meta em 11s36” (v: +1,4 m/s), à frente de Arialis Martinez (11,58, com 11,53 na meia-final); e a campeã de Portugal dos 1.500 metros, Marta Pen Freitas (individual).

A atleta radicada nos Estados Unidos triunfou com a marca de 4m12s38”, à frente de Camila Gomes (Benfica) e Mariana Machado (SC Braga).

Também no lançamento do disco se registou um triunfo destacado de Liliana Cá (individual), que lançou a 61,76 metros (a quatro centímetros do recorde dos campeonatos), atleta que já conseguiu a qualificação para Oregon’2022 e Munique’2022, deixando Irina Rodrigues (Sporting), em segundo lugar.

Na ‘calha’ para se qualificar para os Mundiais, Evelise Veiga (Sporting), apesar de quatro saltos nulos, registou o triunfo com 6,29 metros no salto em comprimento.

Nas restantes provas, destaque para Vânia Silva (Sporting), que obteve o seu 21º título no lançamento do martelo, com a marca de 59,74 metros, agora com Mariana Pestana (Estreito) mais perto (com 56,80 metros); Anabela Neto (Sporting) venceu o salto em altura com 1,75 metros (9 títulos consecutivos); a madeirense Joana Soares (Jardim da Serra) obteve o seu sétimo título nos 3 000 metros obstáculos (10m01s47”); o Grecas venceu a estafeta de 4×100 metros em 48s58” com o quarteto constituído por Joana Silva, Vera Lima, Carolina Sarabando e Rita Santos.

No final do primeiro dia, a sportinguista Mariana Bento (Sporting) lidera o heptatlo com 3212 pontos.

Nas provas masculinos, vários despiques concentravam as atenções, assim como a participação do recordista de Portugal, Leandro Ramos, no lançamento do dardo. O benfiquista venceu com a marca de 74,57 metros, mas justificou com o facto “de estar a treinar muito para as provas que se avizinham. Quero estar bem nos Jogos do Mediterrâneo, mas acredito que vou aos Mundiais onde que estar ainda melhor”.

Nos 100 metros, Carlos Nascimento (Sporting) sagrou-se campeão ao cortar a meta com a marca de 10.42 segundos, derrotando o líder anual, o benfiquista Frederico Curvelo, que registou a marca de 10,56 segundos.

Nos 400 metros, uma das provas onde mais se sentiu o vento, o vencedor foi João Coelho, do Sporting (47,10 segundos), à frente de Mauro Pereira (Sporting) e Ericsson Tavares (Benfica). O recordista de Portugal, Ricardo Santos, ficou fora do pódio.

Nas provas mais longas, Isaac Nader (Benfica), mostrou-se mais forte que os adversários e triunfou em 3m41s12”, à frente de Miguel Moreira (SC Braga) e Nuno Pereira (Sporting).

Também Etson Borges (Benfica), líder anual nos 3.000 metros obstáculos, não se deixou surpreender triunfando em 8m44s45”.

Na última prova do programa, nos 10 000 metros marcha, João Vieira (Sporting) conquistou o seu 21º título nesta disciplina, com a marca de 41m22s53”.

Nas restantes provas, Tsanko Arnaudov (Benfica) venceu o lançamento do peso (19,83 metros); Carlos Pitra (Sporting) venceu o salto com vara, com a mesma marca de João pedro Buaró (Estreito) – 5,00 metros; Simão Aelxandre (AEA Cartaxo) triunfou no salto em comprimento (7,39 metros); e Manuel Dias (União Tomar) segue à frente no decatlo, com 3707 pontos.

Nos 4×100 metros masculinos, o Sporting sagrou-se campeão, com a marca de 41s86”, obtida por um quarteto que integrava Francis Obikwelu, Tomás Dinis, Tomás Gonçalves e Abdel Larrinaga.

Também o Desporto Adaptado conheceu os seus campeões, em várias provas.

100 metros: T12 – Sara Araujo (SCB). 400 m: T12 – Márcia Araújo (SCB); T13 – Carolina Duarte (CSM). Comprimento – T20 – Cláudia Santos (JOMA). Peso – F20 – Inês Fernandes (SCV), 10,34 metros; Marta Conceição – F38 (SCUT), 5,63; Simone Fragoso – F40 (Palmela DEM), 2,63).
100 m cad. rodas: T51 – Helder Mestre (IND); T52 – Mário Trindade (IND); T54 – Maudu Balde (AJP). 200 m cad. Rodas: T51 – Helder Mestre (IND); T54 – Mamudu Balde (AJP);
100 m: surdos – Hemilton Costa (EMOVI); T11 Gabriel Covas (AJP); T20 – Igor Oliveira (AFS). 400 metros: T20 – Carlos Freitas (CAB); T37 – Lucas Pinheiro (MAC). 1500 m: T20 – Sandro Baessa (CFOD). Comprimento: T20 – Lenine Cunha (CFOD); surdos – Helmiton Costa (EMOVI). Comprimento: T20 – Lenine Cunha (CFOD); surdos – Helmiton Costa (EMOVI). Peso: F11 – Firmino Batista (CFB); F12 – Leonildo Carvalho (CFB); F40 – Miguel Monteiro (CPM); F46 – João Peixoto (IND).

FP Atletismo