Início Mod. individuais Ralis

WRC 2022: Kalle Rovanpera vai na frente do Rally Safari Quénia

119
Halle Rovanpera - Rally Safari Quénia 2022

Kalle Rovanpera, o líder do WRC 2022, já comanda o Rali Safari do Quénia. O jovem finlandês venceu três das sete especiais disputadas, tantas como o campeão do mundo Sébastien Ogier que sofreu um furo na última especial do dia e entregou a liderança da prova ao seu colega da Toyota, Kalle Rovanpera.

Um dia muito atribulado, com o imenso pó e as zonas de ‘fesh-fesh’ a criarem imensas dificuldades de visibilidade a todos os concorrentes.

A Toyota chegou mesmo a ter os seus quatro carros nos 4 primeiros lugares, mas agora o furo no Yaris de Ogier acabou por alterar as contas nos lugares da frente.

A Hyundai tenta recuperar, com Ott Tanak a subir a pulso na classificação geral, e na M-Sport Ford, depois do abandono no dia de hoje de Sébastien Loeb, devido a princípio de incêndio no motor do Puma e à paragem de Craig Breen na última especial com problemas na direcção do Ford Puma, tudo se torna muito complicado, depois dos azares também sentidos por Gus Greensmith e por Adrien Fourmaux.

No final do dia Kalle Rovanpera é o líder da prova africana, com 22,4 segundos de vantagem para o seu colega da Toyota Elfyn Evans. O Hyundai de Ott Tanak sobe ao 3º lugar a 25,3 segundos do líder e apenas a 2,9 segundos de Evans, com Takamoto Katsuta também na luta, a colocar o Toyota Yaris no 4º lugar a 26,6 segundos do líder Rovanpera e a escassos 1,3 segundos de Tanak.

Em termos de classificação geral, tudo é possível em relação aos quatro primeiros classificados. Já mais longe, mas no 5º lugar, está Thierry Neuville em Hyundai, a 57,5 segundos, agora com Sébastiem Ogier a perder cerca de dois minutos devido ao furo, ocupando o 6º lugar já a 2m08,2 do líder Klle Rovanpera.

Na categoria WRC2, o polaco Kajetan Kajetanowicz em Skoda Fabia Rally2 evo comanda com mais de um minuto de vantagem para o Citroen C3 Rally2 do norte-americano Sean Johnston.

Para a 2ª etapa de amanhã estão previstos mais seis troços, com quatro deles a rondar os 30 km de extensão, onde as dificuldades com o muito pó e os pisos demasiado duros deverão dominar os acontecimentos.

ACP Desporto