Início Mod. colectivas Futsal

Luís Conceição acredita na conquista do Euro’2022

13

O selecionador português de Futsal feminino, Luís Conceição, assumiu recentemente que as vice-campeãs em título são candidatas à conquista da 2ª Edição do Campeonato da Europa, que vai decorrer entre 01 e 03 de Julho, em Gondomar.

“Seja em casa ou fora, Portugal tem-nos habituado a querer sempre muito estar presente nas grandes competições, participar nas finais e lutar pelos títulos; seremos sempre um dos candidatos, naturalmente; o fator casa pode ajudar-nos e esperamos também que o público adira em massa e nos apoie: pedimos às pessoas de Gondomar que nos venham dar aquela forcinha extra importante nestes momentos”, referiu o selecionador na conferência de imprensa de anúncio da convocatória, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Nove vice-campeãs continentais em 2019 fazem parte da lista de 14 “eleitas”, casos da guarda-redes Ana Catarina, da fixo Inês Fernandes, das universais Ana Azevedo e Pisko, das alas Cátia Morgado, Fifó e Sara Ferreira e das pivot Carla Vanessa e Janice Silva.

“As dificuldades são sempre positivas, porque o leque de jogadoras e a qualidade têm aumentado; nos últimos anos, temos tido cada vez mais opções válidas para nos poder ajudar neste objetivo e isso é sempre positivo”, comentou Luís Conceição, de 45 anos.

As vice-campeãs europeias vão concentrar-se em Oliveira de Azeméis para arrancarem os trabalhos na 2ª Feira, numa altura em que Benfica, tetracampeão nacional e vencedor da Supertaça, e Nun’Álvares, detentor da Taça de Portugal e da Taça da Liga, ainda estão a discutir a final da edição 2021/22 do campeonato à melhor de 5 jogos.

“Podemos olhar as coisas de duas formas e temos de olhar também para o lado positivo; sabemos que o facto de os jogos estarem próximos uns dos outros no final desta época pode trazer algum desgaste, mas, por outro lado, elas virão de jogos de grande exigência e com grande ritmo competitivo; isso pode ajudar-nos a enfrentar o Europeu”, afiançou.

Vencedoras da fase regular, as “encarnadas” lideram por 2-1 a decisão do “play-off” e podem ganhar o “penta” no próximo Domingo, caso triunfem no pavilhão do clube de Fafe, cenário que poderá influenciar a próxima semana de trabalho das pupilas de Luís Conceição.

“A nossa missão é ter as coisas organizadas e estruturadas; caso o campeonato termine no fim de semana seguinte, trabalharemos com algumas atletas da seleção de sub-21, que também vão ter uma competição importante a seguir, que é o Mundial universitário; se ficar resolvido ao 4º jogo, iremos concentrar-nos já com o grupo todo”, explicou.

A exclusão das seleções russas das competições sob tutela da UEFA e a indefinição em torno da participação da Ucrânia, afetada pela ofensiva militar da Rússia, justificou o adiamento do torneio, que estava calendarizado para decorrer no fim de semana de 25 a 27 de Março, no Pavilhão Multiusos de Gondomar, e mantém 3 dos 4 finalistas.

A Hungria, repescada pela UEFA para substituir a Rússia, vai ser adversária de Portugal nas Meias-Finais, agendadas para 01 de Julho, às 21h30, quatro horas e meia depois de a Espanha, detentora do título, medir forças com a Ucrânia no primeiro duelo da Fase Final.

“Não jogamos há muito tempo com a Hungria, que foi segunda classificada no grupo da Rússia: é um pouco diferente daquela equipa que encontrámos na preparação do último Europeu, mas é natural; estes países têm vindo a crescer um pouco, têm mais tempo de preparação e competição e as atletas estão mais preparadas; com certeza, vão criar imensas dificuldades”, advertiu Luís Conceição, que orienta a seleção lusa desde 2014.

O jogo de atribuição do 3º e 4º lugares e a Final decorrem 2 dias depois, às 14h30 e às 18h00, respetivamente, no ocaso da 2ª Edição da prova, estreado nestes moldes em 2019, também em Gondomar, com uma derrota lusa frente à Espanha (0-4).

A programação da equipa das “quinas” será anunciada oportunamente pela Federação Portuguesa de Futebol, incluindo um jogo de preparação com a Ucrânia, a 24 de Junho, pelas 20h00, no Pavilhão Municipal Professor António Costeira, em Oliveira de Azeméis.

A formação de Luís Conceição qualificou-se para o Campeonato da Europa de 2022 em Outubro de 2021, ao vencer o Grupo 2 de apuramento com 9 pontos, face às vitórias ante Eslovénia (6-0), Polónia (7-2) e Croácia (16-1), que albergou a “poule” em Karlovac.