Moreirense: Paulo Alves sucede a Ricardo Sá Pinto no comando técnico

75

O treinador Paulo Alves vai assumir o comando técnico do Moreirense até ao final da próxima temporada, em substituição de Ricardo Sá Pinto, comunicou o clube recém-despromovido à Liga Portugal 2.

“Com Paulo Alves, chegam o adjunto Ricardo Vaz e o treinador de guarda-redes Pedro Taborda, que regressa ao nosso clube, juntando-se aos treinadores da casa Leandro Mendes e Castro”, sublinham os minhotos, em comunicado no seu síte oficial.

Paulo Alves, de 52 anos, vai comandar o projeto de subida de divisão do Moreirense, depois de já ter somado diversas experiências no escalão secundário ao serviço de Gil Vicente (2005-2008, 2010-2013 e 2018), U. Leiria (2008/09), Vizela (2009), Beira-Mar (2015), Penafiel (2015-2017), União (2017) e Varzim (2019-2020).

O antigo avançado, que contou 13 jogos e 7 golos pela seleção nacional, sagrou-se campeão da II Liga ao leme dos barcelenses (2010/11) e estava sem clube desde que deixou os poveiros, em outubro de 2020, tendo ainda dirigido a Selecão Nacional de Sub-20 (2009-2010), Olhanense (2013), os iranianos do Nassaji (2015) e os sauditas do Ohod (2018/19).

Paulo Alves vai substituir o também ex-futebolista internacional português Ricardo Sá Pinto, cuja saída do Moreirense foi confirmada na semana passada à agência Lusa pelo presidente Vítor Magalhães, depois da reedição das descidas de 2004/05 e 2012/13.

Os minhotos fecharam a Liga Portugal BWin no 16º e antepenúltimo lugar, à frente dos “condenados” Tondela – que suplantaram na 34ª e última Jornada – e Belenenses SAD, mas vacilaram no “play-off” (derrota por 0-2 fora e vitória 1-0 em casa) frente ao D. Chaves, 3º colocado da Liga Portugal 2, e falharem a sua 13ª presença, e 9ª consecutiva, na elite do futebol português.