Início Mod. individuais Ciclismo

Trophée Centre Morbihan 2022: Daniel Lima 7º na 1ª etapa

19
Daniel Lima - Trophée Centre Morbihan 2022 - 1ª Etapa

Teve hoje início o Trophée Centre Morbihan, com a primeira etapa a realizar-se em Malachappe Pluvigner, França. Daniel Lima foi o corredor português mais bem classificado, tendo terminado na sétima posição.

A primeira etapa do Trophée Centre Morbihan teve 115,6 quilómetros e fez-se a alta velocidade logo desde início, ficando marcada por várias movimentações no pelotão e tentativas de fuga.
Nos últimos 43 quilómetros a corrida entrou no circuito final, ao qual os corredores tiveram de completar cinco voltas de oito quilómetros cada uma. Nessa altura seguia um grupo de seis corredores na frente da corrida, que pouco depois viria a sofrer com as movimentações no pelotão, que voltaram a fazer-se sentir.
A três voltas do final da prova António Morgado e Gonçalo Tavares lançaram-se ao ataque, juntamente com mais alguns corredores, tentando alcançar o grupo da frente. No entanto, já acabariam por ser absorvidos pelo pelotão, assim como o grupo que seguia na frente da corrida. Até ao final da prova, apesar do ritmo elevado que se verificava no pelotão houve ainda algumas tentativas de fuga, mas sem sucesso.
A decisão da etapa foi feita ao sprint, com o belga Vlad Van Mechelen a levar a melhor. Daniel Lima conseguiu colocar-se bem nesta fase final, alcançando o sétimo lugar. António Morgado e Gonçalo Tavares chegaram no mesmo grupo, fechando em 26.º e 34.º, respetivamente. Tiago Santos foi 73.º, a 9m22s e Rúben Rodrigues fechou na 76.ª posição, a 9m24s. Rafael Barbas não terminou a prova.
O selecionador nacional de estrada, José Poeira, mostrou-se satisfeito com este resultado, sublinhando que este não era um percurso à medida dos corredores portugueses. “Hoje tivemos uma etapa plana com alguns topos, sempre feita a alta velocidade. Este era um percurso mais destinado a corredores que rolam bem, o que não faz parte das nossas características. O António Morgado esteve numa fuga, mas esse grupo foi alcançado pelo pelotão já nos quilómetros finais. A etapa decidiu-se ao sprint e o Daniel Lima conseguiu fechar na sétima posição. Conseguimos terminar com três corredores no grupo da frente e correu dentro da expectativa. Amanhã não é esperado que consigamos fazer diferenças, dadas as características do percurso, mas tentaremos estar bem dentro das nossas possibilidades”, afirmou José Poeira.
Amanhã teremos as restantes duas etapas da prova. De manhã haverá um contrarrelógio individual de sete quilómetros, entre Réguiny e Evellys, de tarde uma etapa em linha com 109,9 quilómetros, com dois prémios de montanha, um de primeira e outro de segunda categoria, que ligará Buléon a Locminé.

FP Ciclismo