Início Mod. individuais Ciclismo

Corrida da Paz 2022: António Morgado sobe a 2º na 3ª etapa

31
Corrida da Paz 2022 - Pódio da 3ª Etapa

O ciclista português António Morgado foi ontem o terceiro classificado na terceira etapa da Corrida da Paz, ganha pelo neerlandês Menno Huising, e subiu ao segundo lugar da classificação geral, agora comandada pelo alemão Emil Herzog.

A etapa deste sábado era a mais montanhosa da competição, 121,7 quilómetros ligando Teplice, na Chéquia, a Olbernhau, na Alemanha. A primeira e mais longa das subidas pontuáveis para a classificação da montanha estava colocada logo ao quilómetro 31,8.

António Morgado, revelando muita impetuosidade, esteve envolvido nas movimentações que se deram logo desde o tiro de partida. Na primeira subida começou a fazer-se a selecção de valores, já com os atacantes da primeira fase, entre os quais Morgado, no grupo principal.

A Selecção Portuguesa colocou Gonçalo Tavares e Tiago Santos a endurecer o ritmo na cabeça do pelotão.

Logo após a passagem nessa montanha, António Morgado ficou na frente com mais três corredores. O quarteto foi galgando quilómetros em cabeça de corrida, até que dos quatro, apenas António Morgado e Manno Huising resistiram na frente.

A 40 quilómetros do final, juntaram-se Emil Herzog e o norueguês Jørgen Nordhagen.

O pelotão, dizimado pelo sobe-e-desce, perdeu capacidade de trabalho e a vantagem dos fugitivos foi crescendo. No sprint a quatro esteve melhor Menno Husing, seguido por Emil Herzog e António Morgado.

O alemão Herzog iniciou a etapa no segundo lugar, com 27 segundos de vantagem sobre o português, conquistando, assim, a camisola amarela.

Em tantos anos de ciclismo, nunca tinha visto um corredor português em idade de júnior a fazer uma demonstração de força tão grande quanto esta que o António Morgado hoje patenteou.

Ainda é jovem e está em idade de evoluir e de aprender, mas o poderio físico que revela é impressionante”, considera o seleccionador nacional, José Poeira.

A Corrida da Paz, prova da Taça das Nações de Júniores, termina neste domingo. A etapa final começa e acaba em Terezín e terá 96,4 quilómetros, a percorrer num terreno ondulado e propício aos ataques.

(Até ao momento, ainda não foram publicadas as classificações completas, pelo que não é possível ainda informar o resultado dos restantes corredores portugueses. As classificações serão publicadas em http://zmj.cz/en/results).

FP Ciclismo