Início Mod. individuais Surf

Gold Coast Pro 2022: Vasco Ribeiro passa à 2ª ronda; Kikas Morais eliminado

14
Vasco Ribeiro - Allianz Figueira Pro 2021

O surfista português Vasco Ribeiro apurou-se hoje para a segunda ronda do Boost Mobile Gold Coast Pro, na Austrália, enquanto Frederico Morais ‘caiu’ na estreia no ‘Challenger Series’.

Na segunda bateria da primeira ronda, Vasco Ribeiro foi o segundo melhor, com 11,16 pontos (5,82 e 5,33 nas duas melhores ondas), apenas batido pelo australiano Sheldon Simkus, com 12,36 (6,13 e 6,23).

De fora da próxima ronda ficaram outros dois surfistas da casa, Kalani Ball, com 10,96 (5,53 e 5,43), e Joel Vaughan, com 10,17 (5,10 e 5,07).

Na segunda eliminatória, Vasco Ribeiro vai competir frente ao norte-americano Conner Coffin, ao indonésio Rio Waida e ao brasileiro Samuel Pupo.

Despromovido do circuito principal, Frederico Morais não teve a melhor estreia do ‘Challenger Series’ e foi eliminado na primeira ronda, ao ser quarto na 15ª bateria, com 11,47 (6,57 e 4,90), terminando na 73ª posição em Gold Coast.

O ‘heat’ de ‘Kikas’ foi ganho pelo australiano Kyuss King, com 14,73 (6,83 e 7,90), seguido do brasileiro Thiago Camarão, com 14,06 (6,23 e 5,87), sendo que o norte-americano Kade Matson também foi eliminado, com 12,10 (6,23 e 5,87).

‘Kikas’ tinha alcançado em 2021 o melhor resultado de sempre de um português, com o 10º lugar, no seu regresso à elite, depois de ter vencido o circuito de qualificação (WQS) em 2019.

Antes, tinha sido 14º na estreia, em 2017, e 23º em 2018, quando foi despromovido pela primeira vez.

A ‘luta’ pela presença no circuito mundial de 2023 passa agora pelo ‘Challenger Series’, que atribui 12 vagas masculinas e seis femininas.

Na prova feminina, que ainda não começou, vão estar presentes as portuguesas Teresa Bonvalot, Francisca Veselko, Mafalda Lopes e Yolanda Sequeira.

Lusa