Início Mod. individuais Badminton

Liga de Clubes 2022: Clubes apurados para a Final 4 no CAR Badminton

11
Badminton - Volantes

Lagoa acolheu, pelo terceiro ano consecutivo, uma jornada concentrada da Liga de Clubes nos passados dias 26 (2ª Divisão) e 27 de Março (1ª Divisão).

Dando continuidade à excelência organizativa demonstrada nos anos anteriores pela equipa da casa, a CHE Lagoense, foi mais uma etapa de valorização do badminton nacional em que os clubes foram recebidos por uma cerimónia de abertura, entrega de recordações e presença de entidades oficiais locais e regionais.

Com o Pavilhão Municipal de Lagoa engalanado para o espectáculo, os volantes voaram e selaram o destino das equipas da 1ª Divisão enquanto definiram rumos concretos para os clubes da divisão secundária.

Entre as equipas primodivisionárias tudo estava por decidir e foi preciso esperar pelas últimas partidas para perceber a composição final da Final Four.

A Associação Cultural e Desportiva da CHE Lagoense (CHEL), a jogar em casa, conseguiu duas vitórias concludentes. Frente ao Clube Sports Madeira (CSMA), obteve uma vitória por 5-0 e perante o Sporting Clube de Braga (SCB), mesmo rodando a equipa e dando oportunidade a alguns dos jovens valores da sua formação, os algarvios venceram novamente desta vez por 4-1, concluindo de forma imaculada a Fase Regular com sete vitórias em outros tantos encontros.

No segundo posto desta fase terminou a Associação Académica de Espinho (AAE) que confirmou todo o seu potencial com dois triunfos frente às equipas madeirenses do Clube Desportivo e Recreativo dos Prazeres (CDRP) por 3-2 (no encontro mais longo da jornada concentrada) e CSMA por 4-1.

Os Espinhenses apresentaram-se sempre muito fortes nesta fase regular, perdendo apenas um encontro e serão uma ameaça para qualquer equipa na Final Four.

O CDRP, apesar de ter perdido o segundo posto da classificação logrou assegurar a qualificação para a Fase Final depois de derrotar por 3-2 a Associação Académica de Coimbra (AAC) num encontro que acabou por ser decisivo para as contas finais da 1ª Divisão.

A Académica, depois da vitória matinal sobre a Associação Desportiva Pontassolense (ADP) por 3-2, ficava ainda a precisar de um ponto para não depender de ninguém além de si própria na altura de sonhar com o apuramento para a Final 4.

Os academistas viriam a conquistar esse ponto no duelo com o CDRP terminando em igualdade pontual com o Famalicense Atlético Clube (FAC) (vitórias sobre o Sporting de Braga e ADP por 4-1) mas com vantagem sobre os famalicenses por ter mais vitórias conquistadas na fase regular.

CHEL, AAE, CDRP e AAC são assim as equipas apuradas para a Fase Final da 1ª Divisão da Liga de Clubes 2022. Se para os algarvios e madeirenses é a terceira presença nesta fase em três edições da Liga de Clubes, para as Académicas de Espinho e de Coimbra é a estreia neste patamar, mas certamente quererão continuar a surpreender na Final Four que se disputa a 1 de Maio no CAR Badminton.

FAC e CSMA terminaram no quinto e sexto postos respectivamente. Habituadas a estar na Final 4, certamente que veremos estas duas grandes equipas voltarem mais fortes na próxima época e prontas a atacar a primeira metade da classificação.

Já o ADP e o SCB terminaram em lugares que poderão conduzir à despromoção para a segunda divisão na época 2023.

2ª Divisão – Uma equipa já apurada para a fase final

Na 2ª Divisão, o maior destaque vai para o Clube dos Fãs do Badminton de Gaia (CFBG) que já assegurou matematicamente a qualificação para a Final Four desta categoria.

Ao alcançar três vitórias nas três rondas desta jornada concentrada, e cedendo apenas duas partidas em quinze possíveis na jornada algarvia, os gaienses estão invencíveis e assumem-se como o principal candidato à subida de divisão.

Depois de disputadas três jornadas, a classificação geral sofreu algumas alterações. O Clube Raquete Estrelas das Avenidas (CREA) assume o segundo lugar da classificação, tendo ganho dois encontros contra Sociedade de Instrução Musical de Porto Salvo (SIMPS) (4-1) e Núcleo Sportinguista de Tires (NST) (3-2).

A fechar o pódio está precisamente o NST. Apesar de ter perdido dois encontros (derrota com SIMPS por 3-2 além da averbada com o CREA), venceram a equipa do Universo dos Mistérios Associação Cultural (UMAC) por 4-1 e mantém-se bem posicionado para avançar para a segunda fase. Com os resultados já mencionados, o SIMPS fecha de momento o top-4.

O Movimento Desportivo (MVD) aproximou-se muito de um lugar de apuramento para a Fase Final. Depois de ter averbado duas derrotas em dois encontros na primeira jornada concentrada, os caldenses ressurgiram em força em Lagoa, vencendo os encontros contra CREA e CABRIL por 4-1 e 5-0 respetivamente e perdendo apenas com o líder da classificação CFGB.

A jogar em casa na última jornada, terão de ser considerados candidatos a repetir a presença na Final Four. Também o Clube Academia de Badminton Regional e Inclusiva da Lousã-Serpins (CABRIL) não pode ser excluídos das contas do apuramento para a fase final.

Ao triunfarem em dois dos três encontros disputados contra UMAC (3-2) e ARECO (5-0) o CABRIL está na luta. UMAC e ARECO ocupam neste momento o sétimo e oitavo posto da classificação, com os algarvios a conseguirem a vitória no duelo entre estas duas equipas.

Dia 25 de Abril, o CAR Badminton recebe a 3ª Jornada Concentrada da 2ª Divisão, que irá definir quem acompanha o CFBG na Final 4 de 30 de Abril. As decisões do acesso ao escalão primodivisionário passam por aqui e tudo está ainda em aberto.

A classificação geral atual e resultados podem ser consultados no seguinte link:

https://fpb.tournamentsoftware.com/sport/tournament.aspx?id=CD2BFB04-C114-4112-896D-EDBC69C35B2B

FP Badminton