Início Mod. colectivas Basquetebol

Liga BetClic Feminina: Sportiva recebe Esgueira e quer vencer

35
Sportiva - Benfica

Sportiva AZORISHOTELS e Esgueira/AVEIRO/OLI medem forças este domingo, dia 5 de dezembro, na 10ª jornada da Liga Betclic Feminina. O encontro, com transmissão n’ABOLAtv e FPBtv, tem início marcado para as 11 horas de Portugal continental, 10 horas nos Açores.

A equipa da casa chega a este encontro após uma derrota frente ao SL Benfica, a segunda nos últimos cinco jogos. Contudo, Nausia Woolfolk afirma que as jogadoras não perderam o foco.

A equipa está concentrada e confiante para entrar neste jogo. Estamos preparadas”, assegura.

As duas derrotas [Quinta dos Lombos e SL Benfica] mostraram que temos que nos esforçar mais quando estamos cansadas e ser mais consistentes na luta pelos ressaltos”, explana a norte-americana, que se encontra na segunda época em solo português.

A extremo de 23 anos considera que o nível do campeonato subiu quando comparado à última temporada, e analisa a formação do Esgueira.

Acredito que entrem fortes, tal como nós. A força delas é a rapidez, mas é algo que podemos controlar”, atenta Nausia Woolfolk.

“Para vencer este jogo vamos ter que lutar muito, ser fortes nos ressaltos e focarmo-nos na defesa”, conclui.

Claro que com os últimos resultados nos sentimos motivadas e confiantes; no entanto, temos plena noção que acreditar não chega, temos de nos esforçar e trabalhar “, afirma Inês Ramos, do Esgueira AVEIRO OLI.

Atualmente na segunda posição da Liga Betclic Feminina, a equipa recém-promovida ao escalão máximo não sentiu o peso da subida de divisão.

Penso que o nosso estilo de jogo não era o mais jogado na liga e conseguimos trazer um pouco mais de velocidade. Tivemos que aprender a distinguir os ritmos de jogo e, a meu ver, evoluímos imenso nesse aspecto”, explica a base.

O conjunto do município de Aveiro desloca-se aos Açores para enfrentar as vice-campeãs nacionais, um embate que antevê como complicado para as comandadas do técnico André Janicas.

O Sportiva é uma das equipas mais fortes do campeonato e sabemos que irá ser um jogo dificílimo, têm jogadoras muito fortes fisicamente e uma equipa experiente”, considera.

Quanto à importância de um triunfo em Ponta Delgada, a jovem de 20 anos assevera que não será uma confirmação do talento da equipa, mas que “irá mostrar-nos que tudo o que é feito com empenho e esforço é recompensado”.

FP Basquetebol