Início Mod. colectivas Andebol

Andebol: Portugal vence Israel no Torneio Internacional Sub-18

103
Torneio Sub18 Andebol 2021 - Portugal x Israel

Na primeira jornada, do Torneio Internacional de Sub-18, que decorre na Alemanha, a formação de Nuno Santos levou a melhor sobre a turma israelita.

Portugal entrou um pouco nervoso no encontro, assim como Israel, mas foram os lusos que abriram o activo, em Berlim, chegando ao 2-0.

Israel soube responder ao desafio e, aos cinco minutos, contava com uma desvantagem pela margem mínima (4-3) mas Portugal teimava em manter-se no comando, com o empate a chegar à passagem dos oito minutos (6-6).

Seguiram-se igualdades sucessivas, até que os lusos executam quatro golos sem resposta, levando a formação israelita a pedir time-out para reajustar.

Na retoma, Israel conseguiu aproximar novamente o resultado, perto dos 24 minutos de jogo, levando o técnico Nuno Santos a pedir desconto de tempo para Portugal, quando o marcador assinalava 13-12.

As formações seguiram bastante equilibradas até ao descanso, com vantagens que variavam entre um e dois golos e com os portugueses a saírem para o intervalo com 17-15 no placar.

Na etapa complementar, Israel entrou determinado em reverter o resultado, chegando mesmo à igualdade a 17 golos, ao que se seguiram empates sucessivos, até que Portugal volta a chegar aos quatro golos à maior, com 22-18 no marcador.

Perto dos 45 minutos do encontro, a turma israelita tinha voltado a tentar a aproximação, com sucesso, estando a perder pela margem mínima (23-22) e chegando ao empate minutos mais tarde.

Voltaram a seguir-se momentos de grande equilíbrio no encontro, até que a poucos minutos do final, Portugal conquista três golos de vantagem (29-26) e acabou mesmo por vencer por 30-26.

Nuno Santos, técnico das Quinas, realçou os aspectos a melhorar.

Foi um jogo competitivo, a nível de qualidade as duas equipas ainda têm um caminho a percorrer e sabíamos de antemão o que iriamos encontrar, ou seja, que não poderíamos deixar o jogo seguir equilibrado até ao final porque eles têm uma equipa muito lutadora.

Sentimos dificuldades ao longo de todo o jogo no 1×1 e nos trabalhos de 2×2 com o pivô, até porque Israel rematou poucas vezes dos 9 metros.

Tentámos reforçar o trabalho aos 6 metros para conseguirmos lançar o contra-ataque, o que acabou por acontecer algumas vezes.

No ataque, ainda existe pouca articulação entre os atletas, o que tira fluidez ao jogo defensivo”, afirmou.

A Alemanha, anfitriã deste Torneio, venceu o encontro da 1ª jornada, frente à Polónia, por 37-27.

FP Andebol