Início Mod. individuais Automobilismo

SuperCars regressa a Portimão com estreia de novos carros na grelha

76
SuperCars Endurance 2021 - Jarama

A SuperCars Endurance Series, competição ibérica que junta na mesma grelha carros com homologação TCR e GT4, avança, no próximo fim de semana (16/17 outubro), para a terceira e penúltima jornada da época, desta vez no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, e tudo indica que possa ser entregue já um dos seis títulos de campeão.

Nesta terceira ronda da temporada, depois de Jarama e do Estoril, as grandes novidades são a estreia do experiente piloto francês Pierre Arraou, ao volante do seu Audi R8 GT4, inscrito pela Milan Compétition, que passa a ser a 15ª equipa a juntar-se à SuperCars Endurance Series e surge como candidato a discutir os primeiros lugares na categoria GT4 Bronze, e ainda a participação de um segundo McLaren.

Deste modo, ao McLaren 570s de Gonzalo de Andrés e Guillermo Aso, atuais líderes da categoria GT4 PRO, a equipa espanhola SMC Motorsport junta-lhe o seu segundo carro do construtor britânico, cujos nomes dos pilotos não foram ainda revelados.

Sem dúvida que, até ao momento, o balanço da SuperCars Endurance é positivo, porque o andamento dos TCR e dos GT4 revela-se similar, proporcionando corridas muito interessantes para os espectadores, não faltando ultrapassagens e momentos de pura emoção.

Não são corridas tipo ‘lá vai um’, já que a diversidade das características dos diferentes carros permite que uns sejam mais eficazes num determinado ponto da pista, em detrimento de outros, o que abre caminho aos despiques que referi.

Nesta prova contamos já com mais uma inscrição francesa e sabemos que teremos mais novidades para Jerez. Portanto, estamos muito contentes em relação ao futuro e é cada vez maior o número de pilotos e de equipas a fazer perguntas relativas a 2022”, refere Diogo Ferrão, CEO da Race Ready, uma das empresas promotoras deste campeonato.

No Algarve, com as duas corridas de 45 minutos repartidas entre sábado e domingo, é provável que venha a ser atribuído o primeiro título da temporada, o da categoria GTC, já que bastará à britânica Jemma Moore, com o Ginetta G50 da Tockwith Motorsport, pontuar para garantir a conquista do ceptro.

Mas haverá outros motivos de interesse na pista do AIA, como na categoria TCR, com Daniel Teixeira (CUPRA Leon TCR) e Gustavo Moura (Hyundai Elantra N TCR), os dois primeiros da tabela classificativa, separados por apenas 6 pontos, mas que contarão ainda com o CUPRA de Manuel Sousa, do Grupo TDS, que quererá mostrar o seu andamento sem problemas e o Audi TCR de Jorge e Pedro Silva, que teve um excelente desempenho no Estoril.

O equilíbrio tem sido uma constante desde o início da época da SuperCars Endurance Series, daí que Paulo Ferreira, CEO do TCR Euro Series, não hesite em sublinhar o êxito da junção dos carros das duas categorias.

A união das duas categorias mais importantes de todos os campeonatos nacionais espalhados pelo mundo, como são a GT4 e a TCR, fortalece a SuperCars Endurance Series, garantindo-lhe um futuro sem reservas.

Esta é uma fórmula de sucesso, como se constata neste primeiro ano, que reúne todos os ingredientes para continuar a crescer, em termos de futuro, de uma forma sustentável”.

Race Ready