Início Mod. individuais Motocross

CN Enduro: Dose dupla nos socalcos e vinhas da região da Régua

58
CN Enduro 2021 - Régua

No arranque para a sua derradeira e decisiva fase da temporada o campeonato nacional de enduro ruma já no próximo fim‑de‑semana – 1 a 3 de Outubro – até às margens do Douro para realizar aquela que será a primeira ronda dupla do ano.

Com organização a cargo da Douropharma Representações o Enduro Rotas do Douro dá ordem de partida para a fase final da época – ainda com cinco pontuações em aberto – e marca o regresso da modalidade aos socalcos e vinhas da região da Régua, esperando-se um forte contingente de pilotos naquela que é a primeira prova de um final de época todo realizado no norte de Portugal.

O percurso com cerca de 50 quilómetros por volta (especiais incluídas) será desenhado nos concelhos de Peso da Régua, Lamego e Armamar, com três provas Especiais Cronometradas: Enduro Test (ET) com 5,3 Km em Barragem Bagauste (Peso da Régua), Cross Test (CT – Clube Caça e Pesca (Peso da Régua) com 4,8 km, Extreme Test (EX) em Fontelo (Armamar) com 1,3km.

Pelo caminho, os pilotos terão ainda três Controlos Horários (C.H.) e uma Zona de Assistência (Z.A.) na Av. do Douro – (Paddock).

No dia 2 de Outubro, o percurso será percorrido 3 vezes e meia para pilotos ELITE e OPEN, 3 vezes para VERDES, VETERANOS, SENHORAS e 2 vezes para SUPER VETERANOS, PROMOÇÃO e HOBBY.

No dia 3 de Outubro o percurso será percorrido 3 vezes e meia pelos pilotos ELITE e OPEN, 3 vezes para VERDES, VETERANOS, SENHORAS e 2 vezes para SUPER VETERANOS, PROMOÇÃO e HOBBY.

Desportivamente, Diogo Ventura irá defender a liderança do campeonato em termos absolutos, levando para a Régua oito pontos de vantagem sobre Rui Gonçalves, o segundo classificado na frente de Luís Oliveira.

Na Open, Gonçalo Sobrosa é o primeiro na classificação geral com 13 pontos de margem para Diogo Parente, este seguido por Rodrigo Luz, que procurará a segunda vitória do ano.

No sempre numeroso pelotão dos Verdes é Luís Cardoso quem lidera com 11 pontos para Victor Queirós e 14 para Bernardo Vots.

FP Motociclismo