Início Mod. individuais Karting

IAME Euro Series: Noah Monteiro com fim-de-semana difícil em Genk

4
Noah Monteiro - IAME Euro Series 2021 - Genk

A última corrida do ano das IAME Euro Series que teve lugar este fim-de-semana em Genk na Bélgica foi difícil para Noah Monteiro. O piloto da Skywalker Young Guns deparou-se com várias adversidades, que o impossibilitaram de alinhar na grande final, a primeira e única vez desde o início do ano.

Um desfecho inglório para quem sempre mostrou uma grande evolução, determinação e humildade.

O fim-de-semana começou desde cedo a revelar-se complicado. Depois de uma qualificação atípica, com constantes mudanças das condições da pista, entre o seco e o molhado, Noah envolveu-se em disputas que não viriam a jogar a seu favor tendo terminado em 19º num total de 66 pilotos.

Se os treinos cronometrados foram difíceis, as corridas de qualificação não foram mais fáceis. As condições mantiveram-se adversas e no meio do pelotão viu-se sempre envolvido em problemas alheios, estando sempre no sitio errado à hora errada.

Isso obrigou-o a disputar o quarta manga de qualificação para apurar os seis melhores que também passariam à final. Largou da 18ª posição mas, mais uma vez, um acidente à sua frente não lhe deu escapatória. Estava assim concluído o mais duro fim-de-semana de competição do jovem piloto de 11 anos.

Foi tudo difícil desde o início do fim-de-semana. Este desfecho não está propriamente relacionado com falta de performance, mas simplesmente por me ver envolvido em situações que não me diziam propriamente respeito.

Tenho pena de não ter podido lutar por uma posição na grande final. É sempre esse o meu objectivo. Infelizmente não aconteceu desta vez“, explicou o jovem piloto, que não se dá por vencido, já que no próximo fim-de-semana volta a entrar em competição no CIK FIA Academy Trophy na Suécia.

Fechadas as contas das IAME Euro Series, e mesmo apesar dos resultados difíceis em Genk, Noah termina a 12ª posição do campeonato e terceiro entre os “rookies” da categoria Junior.

Um bom resultado para aquele que foi um ano de estreias para Noah, que mudou de categoria, foi sempre o mais jovem em pista e se estreou nas temporadas internacionais.

Sim, no final tenho de ficar contente com o resultado. É óbvio que queria mais e depois de um fim-de-semana difícil nunca é fácil fazer balanços, mas foi uma boa estreia, aprendi muito a todos os níveis e sinto-me muito mais preparado para os próximos desafios.

No entanto, agora tenho de estar focado no resto da temporada. Esta fase das IAME Euro Series terminou, mas tenho corrida no próximo fim-de-semana [3-5 de Setembro] e o Campeonato de Portugal para terminar“, acrescentou Noah Monteiro.