Início Tóquio'2020

Tóquio’2020: Keigo Oyamada anuncia demissão do comité organizativo devido a “bullying”

3
JO's Tokyo 2020

O compositor dos eventos musicais da Cerimónia de Abertura de Tóquio’2020, Keigo Oyamada, anunciou recentemente a sua demissão do comité organizativo, devido ao escândalo gerado por entrevistas onde admitiu ter feito “bullying” a colegas durante a sua infância.

Keigo Oyamada, de 52 anos de idade, conhecido artisticamente como Cornelius, afirmou em várias entrevistas publicadas entre 1994 e 1995 por uma revista japonesa, que tinha submetido colegas (alguns portadores de dificiência) a atos degradantes, “sem qualquer arrependimento”.

A comissão organizadora de Tóquio’2020 decidiu aceitar a renúncia do compositor, qualificando as suas ações de “absolutamente inaceitáveis”, e pediu desculpa por, já depois de ter conhecimento das entrevistas, ter permitido a Keigo Oyamada continuar a trabalhar para a promoção do evento.

Oyamada pediu “sinceras desculpas” após o ressurgimento das suas polémicas declarações nas redes sociais, por “ter incomodado muitas pessoas” com as suas “ações extremamente imaturas”.

Artigo anteriorL’Etoile d’Or: José Sousa foi o melhor português no arranque
Próximo artigoEuropeu de Patinagem: Quatro medalhas para Portugal no 1º dia de provas em Canelas