Início Mod. individuais Patinagem de Velocidade

Europeu de Patinagem: Quatro medalhas para Portugal no 1º dia de provas em Canelas

8
Diogo Marreiros (com Martyn Dias e Miguel Bravo) - Europeu de Velocidade 2021 - Canelas

Os patinadores da Selecção Nacional de Patinagem de Velocidade entraram da melhor maneira em pista, no primeiro dia de provas do Campeonato Europeu da modalidade, em Canelas.

O saldo para Portugal traduziu-se em quatro medalhas: uma de ouro e três de prata.

Diogo Marreiros sagrou-se Campeão da Europa na prova dos 10 mil metros por pontos a eliminar. Esta é a primeira vez, na história da Patinagem de Velocidade, que Portugal ganha o ouro, no escalão de séniores.

Para Marreiros este é “um sonho cumprido“.

Sinto-me tão feliz. Trabalhámos imenso em Lagos, eu e o meu treinador – professor Paulo Baptista -, o Martyn Dias, o Miguel Bravo e o Manuel Martins.

Fizemos um trabalho incrível; conseguir trazer este resultado para nós, por todo aquele trabalho que fizemos este ano, é incrível e é um sonho cumprido“.

Na prova dos 5000 metros por pontos, Miguel Monteiro venceu a medalha de prata, no escalão de juvenis. Segundo o atleta “o objectivo era o top cinco“.

Consegui o segundo lugar, graças à minha equipa, esta medalha é minha e deles e de todos os meus colegas. Emocionei-me logo, nem sabia o resultado, mas sabia já que tinha sido bom, por isso vieram-me logo as lágrimas aos olhos“.

Também na prova dos 10 mil pontos a eliminar, Marco Lira venceu a medalha de prata, desta vez no escalão de júniores. Para o skaterfoi uma boa prova, muito dura“.

Ganhar o segundo lugar foi bom, mas claro que o objectivo era o ouro. Foi o primeiro dia, ainda há muitos pela frente e vou à luta pelo ouro. Estou motivado para amanhã e para os próximos dias e vamos com tudo“.

A terceira medalha de prata do dia, ficou entregue na prova dos 500 metros sprint de equipas, no escalão de juvenis, a António Piteira e Jéssica Rodrigues.

Para o atleta “foi uma grande alegria“.

Todo o meu trabalho deu frutos, mas também com uma companheira como a Jéssica é fácil. Isto reflecte muito trabalho, tanto da minha parte como da parte da Jéssica.

Fomos sempre muito aplicados nos treinos e sempre com o foco, desde o início da época, de ganhar uma medalha no europeu. E ainda estamos à espera de ganhar mais uma ou duas“.

Jéssica Rodrigues afirmou ter trabalhado “muito para ter uma medalha destas, ainda por cima em equipa“.

“Fico muito mais feliz porque é um trabalho dos dois“.

Hoje, a competição arranca às dez horas, com as provas de 500 metros sprint e de 5000 e 10000 a eliminar e pode ser acompanhada em directo na World Skate Europe TV.

FP Patinagem

Artigo anteriorTóquio’2020: Keigo Oyamada anuncia demissão do comité organizativo devido a “bullying”
Próximo artigoAmor à Camisola: Projecto da Betclic apoia 48 equipas amadoras