Início Mod. colectivas Voleibol de Praia

Sofia Beach Open 2: Antevisão da participação das duplas portuguesas

128
Beatriz Pinheiro e Inês Castro - Voleibol de Praia

As duplas portuguesas de Voleibol de Praia João Pedrosa/Hugo Campos e Beatriz Pinheiro/Inês Castro vão disputar o Sofia Beach Open 2, etapa de uma estrela do Circuito Mundial (Beach Volleyball World Tour), a decorrer de 10 a 13 de Junho na capital da Bulgária.

Para esta importante competição, montra dos atletas de Voleibol de Praia do futuro próximo, os nossos representantes partem com objectivos bem definidos e com ambições próprias, mas objectivos diferentes, pois como refere Ricardo Rocha, “neste momento, a realidade dos rapazes e a das raparigas é diferente”.

Voleibol de Praia - Sofia Beach 2021 - Dupla PortuguesaO João e o Hugo vão já a caminho da sua terceira prova internacional no espaço de menos de um mês, ou seja, o seu ritmo vai ser um bocadinho superior, até porque estão mais habituados a competir em torneios com um nível mais exigente como o dos opens do Circuito Mundial, onde não há limite de idade e as duplas são já muito experientes”, salienta o técnico.

A nossa postura vai ser de tentar vencer jogo a jogo. Foi assim que tivemos sucesso na primeira prova [entrada na fase de qualificação e conquista da medalha de bronze no Sofia Beach Open 1], pensando adversário a adversário e não no que poderia acontecer mais para a frente se ganhássemos ou se perdêssemos.

Disputar a qualificação não é fácil porque qualquer derrota é sinónimo de eliminação, mas nós sabemos que temos qualidade e já demonstrámos que conseguimos defrontar, e ser competitivos, duplas com um nível tão elevado como as que disputam o Circuito Mundial”.

Beatriz Pinheiro e Inês Castro - Voleibol de PraiaQuanto a Beatriz Pinheiro e Inês Castro, “a realidade é diferente pois é a primeira prova em que vão participar desde o Europeu de Sub-22 [Setembro de 2020]. Já passou algum tempo e é visível alguma ansiedade e motivação para competir.

Isso é natural, passou-se com os rapazes e o que temos a fazer é tentar deixar os nervos e a pressão de fora, disputar jogo a jogo e tentar pôr em campo aquilo que temos vindo a treinar, sabendo que a competição é uma realidade diferente do treino, pois envolve condicionantes muito diferentes”, sublinha Ricardo Rocha.

O objectivo é que elas ganhem o seu espaço nestes torneios e que se comecem a habituar a jogar e a… ganhar”.

A dupla portuguesa, formada há pouco tempo, regista no último par de anos um 4º lugar no Campeonato Nacional de séniores femininas, em 2020, e um 25º lugar no Europeu de Sub-22, bem como um 5º lugar nos Jogos do Mediterrâneo, em 2019, de Beatriz Pinheiro (dupla com Vanessa Paquete).

Currículos

 Inês Castro

Beatriz Pinheiro

João Pedrosa

Hugo Campos

FP Voleibol