Início Mod. individuais Ciclismo

Taça de Paraciclismo 2021: Cor e movimento desportivo na manhã louletana

8
João Marques - Paraciclista

Vinte e cinco corredores de onze classes de competição diferentes participaram hoje, em Loulé, na segunda prova da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Paraciclismo.

A corrida, integrada no programa da Volta ao Concelho de Loulé Júnior, permitiu dar maior definição ao ranking da Taça de Portugal, reforçando, no geral, o domínio dos paraciclistas que já se tinham imposto na abertura do Troféu, no mês passado, em Anadia.

A competição decorreu num circuito urbano de 3,7 quilómetros. A classe com maior equilíbrio competitivo, decidindo-se apenas ao sprint, foi a D, dos ciclistas surdos. João Marques (ACD Milharado/DriveonHolidays/Mafra) foi o mais forte, diante de André Soares (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi).

A classe C4, com cinco participantes, foi a mais concorrida. Mas nenhum corredor conseguiu aproximar-se de João Monteiro (Mozinho RT Martos Pellets Oforsep), que dobrou toda a concorrência. Hélder Maximino (360º Bike Trail/Mundimat/CCA Paio Pires) foi o melhor em C5, mas Manuel Ferreira (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) deu boa réplica.

Paulo Teixeira (Rodabike/ACRG/Gondomar) foi dominante em C3 e Daniel Silva (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) aproveitou a ausência de Telmo Pinão, vencedor da ronda inaugural em C2, para assumir o comando da geral da Taça nessa classe.

João Pinto (Belmira Cruz/Centro Ciclismo de Portimão/MIR) ganhou na classe H3 e Flávio Pacheco (Santa Cruz/Botelhos.pt) foi o melhor em H4. Luís Costa correu sem oposição em H5.

Em Loulé manteve-se a tendência de crescimento do paraciclismo entre as mulheres. Ana Silva e Isabel Caetano (Descobre Destreza Associação Desportiva) formaram a única dupla presente na classe B, Filomeno Oliveira mantém-se em acção na classe H4 e Ana Ramos competiu em C4.

A terceira prova da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Paraciclismo vai disputar-se em Albergaria-a-Velha, no dia 30 de maio, integrando o programa da Volta a Albergaria, corrida decisiva da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de equipas continentais e equipas de clube.

FP Ciclismo

Artigo anteriorFC Porto vence Rio Ave e assegura entrada na Liga dos Campeões
Próximo artigoTaça do Mundo: Medalha de Bronze para Portela/Vasconcelos em K2 200