Início Mod. individuais Fórmula 4

Manuel Espirito Santo pontua na estreia na Formula 4 Espanhola, em Spa

12
Manuel Espírito Santo - Fórmula 4 - Spa
Manuel Espirito Santo estreou-se este fim-de-semana nos monolugares em Spa-Francorchamps, onde decorreu a primeira jornada do Campeonato Espanhol de Formula 4.
Depois de alguns anos a competir nos kartings a nível nacional, a internacionalização que agora se deu revelou-se bastante positiva, com o jovem piloto a conseguir os primeiros pontos e a mostrar um elevado nível de progressão.

As sessões de treinos livres foram bastante positivas, com Manuel a rodar sempre ao nível dos mais rápidos. No entanto, na qualificação, não conseguiu extrair todo o potencial do monolugar da MP Motorsport, já que infelizmente, nunca conseguiu fazer uma volta limpa.

O 10º e 15º lugares foram os resultados possíveis nos cronometrados.

Nas três corridas do fim-de-semana foi onde se notou mais a margem de evolução, tendo Manuel cruzado a linha de meta no 13º, 18º e no terceiro e derradeiro confronto em 10º, que lhe atribuiu o primeiro ponto para o Campeonato.

Foi um fim-de-semana de sentimentos contraditórios. Por um lado, a satisfação de ter o andamento dos mais rápidos e, por outro, alguma frustração por não ter conseguido traduzir em resultados esse andamento.

A qualificação  acabou por estragar o desfecho das corridas. Estávamos todos muito ansiosos para ir para a pista antes que a chuva aparecesse e isso levou a que todos entrássemos ao mesmo tempo e que tivesse sido muito complicado conseguir fazer uma volta rápida e limpa. Fiquei um pouco desiludido…, começou por explicar Manuel Espirito Santo, que foi acompanhado de perto pelo seu mentor, Pedro Lamy.

Nas corridas, a performance foi melhorando gradualmente.

Na corrida 1 fui, talvez, cauteloso demais. Não fiz um bom arranque e depois disso evitei correr riscos e foquei-me em terminar. Era a minha primeira corrida internacional e nos formulas, estava expectante, começou por dizer.

No segundo confronto já correu tudo melhor. Estava mais rápido, mais confortável e arrisquei mais. Acabei em 18º mas com a sensação que tinha evoluído bastante de uma prova para a outra.

Foquei-me na corrida 3, saí de 15º e cheguei a sétimo, mas esta corrida é mais curta e tivemos a intervenção do ‘safety-car’ duas vezes, o que não permitiu ter tempo suficiente para progredir.
No final tive uma penalização e fiquei com o 10º posto. Mas fiquei com a sensação que estava com um andamento excelente e que é a este nível que tenho de andar, explicou Manuel Espirito Santo.

Terminadas as corridas e analisando todo o fim-de-semana, o piloto da MP Motorsport faz um balanço positivo.

Estive sempre a evoluir e isso foi muito importante. Fiquei com a sensação que poderia ter feito melhor, mas penso que para estreia foi positivo. Saí de Spa a sentir-me mais confortável com esta nova realidade e cheio de vontade que venha a próxima corrida, concluiu o piloto de 17 anos.

Para Pedro Lamy que acompanhou o seu ‘pupilo’ de perto considera que: o Manuel esteve bem para fim-de-semana de estreia. Estou certo que daqui para a frente fará sempre melhor.  Ele é um excelente piloto e tem uma enorme margem de progressão, disse.

A próxima ronda do Campeonato de Espanha de Formula 4 acontece a 29 e 30 de maio em Navarra, Espanha.