Início Mod. individuais Ralicross

Ralicross de Lousada: Joaquim Machado sem sorte no Eurocircuito de Costilha

11
Joaquim Machado - Eurocircuito de Costilha

Lousada recebeu, a 24 e 25 de abril, a primeira prova do Campeonato de Portugal de Ralicross.

O lousadense, Joaquim Machado, compareceu na Super 1600, divisão que contou com dezoito participantes.

O arranque da época não foi benéfico para o piloto da Kispo; logo na primeira corrida, o Peugeot 208 acusou problemas. Com uma transmissão partida, Machado ficou de fora da corrida.

Definitivamente, o fim de semana não estava a começar pelo melhor. Mas o azar não se ficou pela primeira corrida. Dada a partida para a segunda corrida do dia, um toque deixou o Peugeot 208 completamente desalinhado e impossível de conduzir.

Incansável, a Kaxa & Motor deixou a viatura pronta para o dia de domingo. Nada mais havia a fazer a não ser ir atrás do prejuízo. O objectivo passou a ser a presença na final, enquanto se amealhavam os pontos possíveis.

Tudo pronto para a meia-final, mais uma vez a sorte foi madrasta; num toque antes da primeira curva do circuito, Machado acaba por ficar atravessado, perdendo tempo precioso para os seus adversários. Ficou, desta forma, vedado o aceso à final da Super 1600.

Finda a prova, Joaquim Machado não era de todo um piloto feliz com o fim de semana.

“Sabemos que nas corridas acontecem estes percalços. Estou, evidentemente, frustrado com esta primeira prova.

Não vou, nem vai a equipa, baixar os braços. Lá estaremos em Montalegre para dar, como sempre, o nosso melhor”.

A próxima prova do Campeonato de Portugal de Ralicross by Diatosta, está marcada para os dias 15 e 16 de maio, no Circuito Internacional de Montalegre.