Início Mod. individuais Skate

Skateboarding: Estágio da Selecção com saldo muito positivo

18
Skateboarding - Estágio da Selecção no Luso

Realizou-se no passado fim-de-semana, no Luso, o 1º estágio de preparação da Selecção Nacional de Skateboarding.

O estágio contou com os atletas Gabriel Ribeiro, Bruno Senra, Jorge Simões e Gustavo Ribeiro, que representará Portugal naquela que será a estreia do Skateboarding em Jogos Olímpicos.

Um estágio dinamizado pela Federação de Patinagem de Portugal, tendo em vista a valorização do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nesta disciplina, e que foi um sucesso, na opinião dos atletas e do seleccionador nacional.

O selecionador Luís Paulo explica que o estágio de cinco dias de treino físico e técnico «teve como objectivo criar uma equipa para melhor preparar e acompanhar estes atletas para as provas internacionais».

«Foi importante estarmos juntos estes dias, de forma a ficarmos mais focados e concentrados nos objectivos a atingir. É importante juntar este grupo [director, preparador físico, seleccionador e atletas] para no futuro terem um melhor desempenho. É a primeira vez que se faz em Portugal, nesta modalidade, e correu muito bem.», acrescenta.

Para Gustavo Ribeiro, este seu primeiro estágio foi bastante importante.

«É uma ótima experiência e aprendes muito. Vês o skate de uma maneira que, se calhar, ninguém via antes, porque toda a gente sempre considerou que o skate era um lifestyle e, finalmente, o skate começa a integrar-se num desporto real».

Segundo o atleta, o estágio «ajudou bastante» pois serviu também para «treinar mais a prestação física».

«Fui todos os dias treinar para uma câmara com a semelhança do tempo em Tóquio, o que ajuda bastante. Depois, vamos para o skate park com o treinador e com o director técnico. Ajuda bastante. É diferente, mas é helpfull».

Bruno Senra considerou o estágio muito interessante.

«Foi um estágio completamente diferente daquilo que nós estamos habituados em relação a termos de fazer treinos bi-diários, ir ao ginásio de manhã e andarmos de skate à tarde».

Para Senra, foi muito positivo porque «estamos a andar todos juntos e acabamos por nos motivar uns aos outros e acho isso muito importante para a nossa evolução. Foi uma experiência muito boa e espero que voltemos a tê-la novamente».

Também Gabriel Ribeiro foi unânime na opinião sobre o passado fim-de-semana.

«Achei o estágio bastante positivo. Fizemos um treino de manhã de ginásio e à tarde fomos andar de skate, complementar as manobras que temos de dar, com o treinador Luís Paulo.

Eu, em específico, achei cansativo, porque vim de uma lesão grave na perna e no pé há pouco tempo, mas gostei imenso do estágio e espero que volte a haver.

Agradeço à FPP e ao Comité Olímpico por nos permitir vir para um estágio com todas as condições que tivemos e com todas as pessoas a ajudar-nos».

Para Jorge Simões, o estágio foi «super-positivo».

«Estávamos com os nossos amigos, com quem andamos sempre de skate, no âmbito normal de ‘skatar’ ao final da tarde. Pela manhã um treino para complementar as nossas atividades físicas que fazemos para além do skate, que é super-importante: termos ginásio e termos um treinador connosco a dizer-nos as nossas posições corporais em cima e fora do skate».

O atleta não tem dúvidas: «Achei bastante positivo, gostei e se houver outro, com certeza, se me convidarem, voltarei».

A Selecção Nacional de Skateboarding vai agora participar na Dew Tour, de 20 a 23 de maio, em Des Moines, Iowa (EUA) e no Campeonato do Mundo de Street, em Roma, entre 30 de maio e 6 de junho, com ambas as competições a contar para a qualificação olímpica. FPP