Início Mod. individuais Ciclismo

Taça XCO 2021: Mário Costa e Raquel Queirós dominam em Melgaço

75
Taça XCO 2021 - Melgaço

A primeira prova pontuável da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO) viu Mário Costa destacar-se na categoria de Elite Masculino.

O atleta da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde não teve o seu trabalho facilitado, terminando a apenas 16 segundos de David Rosa (Individual) e a 31 segundos de Roberto Ferreira (DMT Racing Team), que terminaram a prova em segundo e terceiro, respectivamente.

Ivan Feijoo (BH Templo Cafés UCC) foi o mais bem classificado entre os Sub23, tendo fechado na nona posição, a 5m12s do vencedor.

Raquel Queirós foi a grande vencedora da corrida da categoria de Elite Feminina, sem dar qualquer hipótese às adversárias.

A atleta da Guilhabreu BTT terminou com uma consistente vantagem de 5m12s para Joana Monteiro (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), que cortou a meta na segunda posição.

Logo a seguir chegou Josefina Casadey (El Gallo Components), a 5m49s de Raquel Queirós, para fechar em terceiro. Com este resultado na categoria principal, a corredora portuguesa foi também a melhor em Sub23.

Na prova de juniores femininas esteve em destaque Mariana Líbano (Guilhabreu BTT). A atleta arrancou a todo o gás para esta 1ª Taça de Portugal XCO e bateu a concorrência com uma vantagem confortável.

O segundo lugar ficou entregue a Íris Chagas (Automóveis Ribeiro/GDVP), que terminou a 4m21s da vencedora e com o mesmo tempo da terceira classificada, Sofia Gomes (BTT Seia).

No sector masculino, João Cruz (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) foi o primeiro a cortar a meta, na frente de Tomás Frazão (Guilhabreu BTT), que terminou a 1m01s da vitória. Vasco Cunha fechou o pódio em terceiro, a 1m36s de João Cruz.

Na categoria de cadetes foram Rafael Sousa (Guilhabreu BTT), nos masculinos, e Catarina Espada (SPC/Escola de Ciclismo de Oeiras), nas femininas, a levar a melhor.

Filipe Ramos (Guilhabreu BTT) e Nádia Mendes (BTTGardunha/Fundão/Create) foram os melhores na categoria de veteranos masters 30.

Já em masters 40, Rogério Matos (Rompe Trilhos/Ajpcar) e Raquel Marques (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) levaram a melhor sobre os adversários.

Fábio Luiz (Marrazes/Gui/Brejinho/BikeZone Leiria) foi o único paraciclista em competição.

A segunda prova da Taça de Portugal de XCO vai realizar-se no dia 2 de maio, em Lousada, no distrito do Porto. FP Ciclismo