Início Mod. individuais

Realeza do Breaking marca presença na 2ª edição do Betclic Breaking Battle

30
Betclic Breaking Battle

A Betclic Breaking Battle regressa a 25 de Abril, antecipando assim o dia em que se celebra internacionalmente a dança. A sua transmissão acontecerá a partir das 18 horas no site do Betclic Breaking Battle.

Na sua estreia, este inovador evento destacou-se como a primeira batalha de breaking feita em live streaming a partir da casa de cada um dos competidores. Mantem-se a energia, o talento e a fasquia técnica bem elevada.

Este ano, a Betclic Breaking Battle também se internacionaliza: haverá seis competidores nacionais e outros dois de Itália, país onde a cultura que une b-boys e b-girls tem igualmente forte implantação. Esta transmissão contará ainda com depoimentos inspiradores de representantes de topo do mundo do breaking: Kid Glyde, Kujo, Nadia, Bojin e Kleju serão os OLs do evento.

As grandes, estrelas, no entanto, serão os b-boys e b-girls que irão competir: Vanessa, Found Kid, Bruce Almighty, XXL, Titas, Ratin e ainda, de Itália, Snap e Alessandrina. Nomes de elite, com palmarés significativos e experiência internacional.

Com as batalhas “one on one” a serem avaliadas por um júri especialista composto por Aslan, que estará em Moscovo, Deeogo, do Porto, e Moy, que avaliará os competidores a partir de Houston, a Betclic Breaking Battle contará ainda com apresentação e condução a cargo de Max Oliveira (um dos mais respeitados pilares da cultura a nível nacional) e MG (host que chega da Eslováquia) e terá DJ Godzi como o gerador dos breaks que acompanharão as apresentações de cada um dos participantes.

Ao vencedor desta Betclic Breaking Battle está reservado não apenas um prize money, mas também uma gloriosa conquista para o seu palmarés pessoal.

Este evento foi projectado de acordo com as regras próprias de uma cultura que já foi consagrada como futura modalidade Olímpica, tendo estreia marcada para a edição dos jogos em Paris, em 2024: cada b-boy/b-girl terá duas rondas para se sobrepor ao seu oponente que será determinado por sorteio efectuado previamente e anunciado nas plataformas Betclic e do próprio evento.

Respeitando rigorosamente as limitações e restrições actualmente impostas, e que nomeadamente impedem ou dificultam viagens internacionais, os b-boys/b-girls são desafiados a apresentar as suas rotinas de batalha a partir da sua geolocalização, sem recorrerem a luzes profissionais ou palcos. Cada prestação abrirá uma janela para o mundo privado dos seleccionados.

O Breaking é uma cultura de implantação global, nascida nos bairros de Nova Iorque na década de 70, uma forma de expressão com forte reconhecimento junto das comunidades e que alimenta o espírito de superação de cada atleta que afina corpo e espírito ao ponto de ser capaz de realizar incríveis proezas que combinam destreza atlética com real elegância artística.

Continuamos a atravessar uma fase muito desafiante e a arte permanece como peça fundamental: para nos centrar, para nos motivar, para nos manter resilientes e também, claro, como tão necessário entretenimento.

A 25 de Abril, a partir das 18 horas, haverá um mundo inteiro a ver e a aplaudir. Aqui!