Início Mod. colectivas Futsal

Belenenses vence Elétrico e fica mais perto da “salvação” na Liga Placard

9

O Belenenses venceu o Elétrico, por 6-5, em jogo a contar para a 26ª Jornada da Liga Placard, disputado no Pavilhão Acácio Rosa, em Belém.

A precisar urgentemente dos 3 pontos (o Elétrico para poder chegar aos play-offs, enquanto o Belenenses quer salvar-se da descida), as duas equipas entraram em campo dispostas a marcar golos.

No entanto, os alentejanos acabaram por ser mais eficazes e rapidamente colocaram o marcador em 0-2, para natural desespero das hostes “azuis”.

O Belenenses precisava de reagir, e Tiago Guelho pediu aos seus jogadores para “subirem as linhas”, deixando o Elétrico com mais dificuldade em avançar no terreno.

Os “azuis” melhoraram, estiveram mais perto da baliza contrária, mas o resultado não se alterou até ao final dos primeiros 20 minutos.

Na segunda metade, o Belenenses entrou com “a corda toda” e Tiago Cruz lançou um primeiro aviso ao guardião do Elétrico, que não conseguiu travar o remate vitorioso de Marinho.

Motivados pelo golo marcado, os “azuis” continuaram a forçar e Tiago Cruz marcou o 2-2, depois de ter tentado de todas as maneiras e feitos bater o guarda-redes

Como o empate não servia ao Elétrico, os alentejanos voltaram a carregar no acelerador e Luiz Fernando e Costelinha voltaram a colocar o formação visitante a vencer por 2 golos de diferença.

Mas, o Belenenses não estava disposto a “entregar” os 3 pontos e voltou a jogar mais rápido e a rematar mais certeiro, reduzindo para 3-4, por intermédio de Tiago Cruz.

Aos 35 minutos, os “azuis” ficam “tapados” com faltas e qualquer infração dava livre de 10 metros sem barreira favorável ao Elétrico, mas não baixaram o ritmo e conseguiram chegar ao empate a 4 bolas, com um golo de Alan Githay.

Depois foi o Elétrico a ficar tapado por faltas, e ao minuto 39 assistiu-se a 3 golos no Pavilhão Acácio Rosa: primeiro foi Gerson Sanches a colocar o Belenenses na dianteira do marcador, depois foi Luiz Fernando a restabelecer o empate e na jogada seguinte, Tiago Cruz concluiu o seu “hat-trick” com um potente remate.

Nos últimos segundos, a emoção esteve presente no pavilhão dos “azuis”, mas apenas Renan Fuzo criou algum perigo para as redes adversárias.

Com este resultado, o Belenenses continua em zona de descida, mas mais perto do Futsal Azemeis, enquanto o Elétrico fica mais longe do Sp. Braga e os “play-offs” já parecem só uma miragem.

A finalizar, dois destaques que fazem pensar bastante na nossa vida social e na vida do Belenenses, pois os adeptos “azuis” espalharam pelo pavilhão, faixas azuis com letras brancas onde se podia ler “O Belenenses não tem SAD” e “Belenenses diferente de B SAD”, que mostra bem a divisão que há agora entre os adeptos do Belenenses e os do Belenenses SAD; o outro aspeto prende-se com a falta que os adeptos sentem da emoção de um jogo ao vivo, o que fez com que vários elementos da claque Fúria Azul aproveitassem a abertura da porta da saída de emergência para espreitarem para dentro do recinto, porta essa que foi fechada poucos minutos depois do jogo começar.

Artigo anteriorCampeonato de Portugal de Ralicross já tem calendário até 2024
Próximo artigoFilipe Albuquerque com objectivo de vitória para Sebring