Red Bull Rivals 2017: A batalha continua em Ribeira d’Ilhas, na Ericeira

Red Bull Rivals 2017: A batalha continua em Ribeira d’Ilhas, na Ericeira

Em causa está o desfecho da 1ª edição ibérica do Red Bull Rivals, com os dois lados da fronteira representados ao mais alto nível

54
Red Bull Rivals 2017 - Team Portugal

Depois do primeiro embate na mítica onda de Mundaka, a batalha peninsular do surf continua na próxima Quarta-feira (8 de Março) em Ribeira d’Ilhas. Em causa está o desfecho da primeira edição ibérica do Red Bull Rivals, com os dois lados da fronteira representados ao mais alto nível. Portugal, que é liderado por Tiago Pires, vai lutar em casa para anular a vantagem inicial de Espanha.

A chamada para a segunda e derradeira etapa da primeira edição ibérica do Red Bull Rivals está feita, com encontro marcado para a próxima Quarta-feira (8 de Março), na praia de Ribeira d’Ilhas. As armadas portuguesa e espanhola vão assim reencontrar-se depois da primeira batalha realizada em Janeiro passado na mítica onda de Mundaka, no País Basco espanhol.

Portugal tem agora a possibilidade de lutar pelo título em casa, procurando anular a vantagem de ‘nuestros hermanos’, que venceram em Mundaka por um convincente 16-02. Inserida na Reserva Mundial de Surf da Ericeira, a praia de Ribeira d’Ilhas é conhecida pelas suas ondas técnicas e intermináveis, apresentando um ‘pointbreak’ de direita incrivelmente largo. É o cenário perfeito para as características dos surfistas da formação lusa, muitos deles são mesmo naturais ou habitués da Ericeira.

Tiago Pires é o Capitão do Team Portugal e mostra-se agradado por competir numa das suas praias de eleição, onde viveu grandes momentos de glória – com especial destaque para as vitórias das etapas do WQS em 2005 e 2006. O melhor surfista luso de todos os tempos não esconde o seu entusiasmo.

“As expectativas são grandes. Depois de Mundaka, estamos com um défice de pontos muito grande. Mas tudo pode ainda acontecer, porque a competição é composta por heats man on man. Além disso, toda a equipa conhece muito bem a onda de Ribeira, por isso acho que ainda podemos triunfar, mas necessitamos de ganhar por uma grande margem”.

O desafio foi lançado a todos os surfistas maiores de 15 anos, com a abertura da fase de inscrições online em Novembro de 2016 – foram registadas 21.000 inscrições dos dois lados da fronteira. Ao lado de ‘Saca’ vão estar Tomás Fernandes (Local Hero), José Ferreira (Pro/A, em substituição de Vasco Ribeiro), Guilherme Fonseca (Júnior, em substituição de Henrique Pyrrait), Carina Duarte (Girl, em substituição de Mariana Rocha Assis) e Mica Lourenço (Weekend Warrior). Tomás Fernandes foi escolhido directamente por Tiago Pires, enquanto os restantes elementos foram eleitos pelo público numa votação online.

Já a armada espanhola é composta por Aritz Aranburu (Capitão) – o primeiro do seu país a competir no WCT – Illán Urkía (Local Hero), Gony Zubizarreta (Pro/AM), Iker Amatriain (Júnior, em substituição de Luis Díaz), Ariane Ochoa (Girl) e Eneko Merino (Weekend Warrior).

A partir de hoje o público volta a ser chamado a votar na sua equipa preferida. A equipa mais votada somará um ponto extra ao seu resultado obtido na Ericeira. A votação online está a decorrer em www.redbull.com/rivals, até dia 7 às 23h.

A competição arranca pelas 8h e destaca-se pelo seu formato inovador de seis contra seis, com rondas de 25 minutos, onde pontuam apenas as duas melhores ondas. Primeiro haverá confrontos entre surfistas da mesma categoria – Heats Individuais: batalhas ‘mano-a-mano’ por categoria. O ponto alto leva para a água todos os elementos do Team Portugal e do Team Espanha – com 5 ondas para cada surfista – Heat de Equipas: 12 surfistas em simultâneo na água.

Toda a acção poderá ser acompanhada em directo (livestreaming) a partir das 8 horas (Quarta-feira), no site oficial do evento em www.redbull.com/rivals.



RED BULL RIVALS 2017

* Período de espera a partir de 11 de Janeiro de 2017
* Call dos atletas 7 dias antes da competição
* Final call 72 horas antes da competição
* 1ª Batalha | 28 janeiro Mundaka, Espanha
* 2ª Batalha | 8 março Ericeira, Portugal

TEAM PORTUGAL

* Tiago Pires – CAPITÃO
* José Ferreira – PRO/AM (substitui Vasco Ribeiro)
* Guilherme Fonseca – JUNIOR (substitui Henrique Pyrrait)
* Carina Duarte – GIRL (substitui Mariana Rocha Assis)
* Mica Lourenço – WEEKEND WARRIOR
* Tomás Fernandes – LOCAL HERO

TEAM ESPANHA

* Aritz Aranburu – CAPITÃO
* Illán Urkía – LOCAL HERO
* Gony Zubizarreta – PRO/AM
* Iker Amatriain – JUNIOR (substitui Luis Diaz)
* Ariane Ochoa – GIRL
* Eneko Merino – WEEKEND WARRIOR