Liga dos Campeões: Juventus forte de mais para um FC Porto coeso...

Liga dos Campeões: Juventus forte de mais para um FC Porto coeso mas fraco a este nível

A equipa portista nunca conseguiu bater a forte defensiva dos italianos da Juventus, que controlaram as duas mãos e a eliminatória

29
Liga dos Campeões

O FC Porto perdeu com os italianos da Juventus, por 1-0, em jogo a contar para a 2ª Mão dos Oitavos-de-Final da Liga dos Campeões, disputado no Juventus Arena, em Turim (Itália).

Depois da derrota no anfiteatro portista por 2 golos de diferença, os “azuis-e-brancos” entraram dispostos a marcar golos, mas encontraram pela frente uma Juventus forte no capítulo decisivo e preparada para defender o resultado.

Durante grande parte da primeira parte, o equilíbrio foi a nota dominante, mas aos 40 minutos, Maxi Pereira “imita” Iker Casillas e impede um golo ao meter os braços à bola.

O árbitro assinalou grande penalidade de imediato e expulsou o defesa uruguaio, deixando o FC Porto reduzido a 10 elementos, para completo desespero do técnico Nuno Espírito Santo.

Na cobrança do castigo máximo, Paulo Dybala apontou o único golo da partida e colocou a Juventus a vencer por 3-0 e com um pé e meio nos Quartos-de-Final da Liga dos Campeões.

Nos segundos 45 minutos, a Juventus controlou ainda mais os acontecimentos, deu a iniciativa de jogo ao FC Porto e esperou que o tempo passasse o mais rapidamente possível.

O FC Porto bem tentou, teve algumas oportunidades para empatar o jogo, mas a Juventus conseguiu suster o ímpeto dos adversários e nunca ficou com a passagem à próxima fase em perigo.

No final das contas, vitória justa da Juventus, passagem à próxima fase ainda mais justa e agora fica à espera do nome do próximo adversário, que será certamente mais complicado que este FC Porto forte a nível nacional, mas incapaz de lutar com os melhores clubes a nível europeu.