Campeonato do Mundo de Atletismo Adaptado: Portugal conquista 5 medalhas

Campeonato do Mundo de Atletismo Adaptado: Portugal conquista 5 medalhas

114

Terminou este Sábado o Campeonato do Mundo de Atletismo Adaptado, que se disputou em Doha (Qatar) e que deu enormes alegrias a todos os participantes portugueses e ao público em geral.

A “armada lusa” conquistou 5 medalhas (duas de Ouro, uma de Prata e duas de Bronze) no quadro geral, que foi liderado pela China, com 85 medalhas (41 de Ouro, 26 de Prata e 18 de Bronze).

Luís Gonçalves (400 metros T1) e Lenine Cunha (Triplo Salto T20) conquistaram as medalhas mais desejadas, mas também merecem destaque a medalha de Prata de Érica Gomes (Salto em Comprimento T11) e as medalhas de Bronze de Ana Filipe (Salto em Comprimento T20) e José Azevedo (5000 metros T20).

Gonçalves venceu a sua prova com o tempo de 49,67 segundos, o que corresponde à melhor marca da época, enquanto o saltador arrasou a concorrência ao fazer 14,16 metros, o seu recorde pessoal.

As saltadoras também fizeram dois resultados fantásticos: Érica alcançou 10,89 metros (o seu recorde pessoal), enquanto Ana ficou com a marca de 10,07 metros, as duas atrás da croata Mikela Ristoski, que bateu o recorde do Mundo ao saltar 11,67 metros.

Refira-se ainda que nesta prova, a portuguesa Raquel Cerqueira bateu o seu recorde pessoal, ao fazer 9,34 metros, mas não conseguiu chegar ao pódio, o seu grande objectivo.

Por fim, José Azevedo fez o percurso da sua prova em 16m21s28cs, mas não conseguiu superiorizar-se ao japonês Daisuke Nakagawa (15m39s43cs) e ao norte-americano Michael Branningan (15m50s99cs), que ficaram nas duas primeiras posições.

PARTILHAR