Jogos Juvenis de Gaia 2017: Badminton é a nova modalidade em competição

Jogos Juvenis de Gaia 2017: Badminton é a nova modalidade em competição

Badminton fará parte da competição dos Jogos Juvenis de Gaia, tal como o desporto adaptado, que foi incluído no ano passado, num total de 11 modalidades

55
Jogos Juvenis de Gaia 2017

Depois do enorme sucesso registado no ano passado, com a participação de mais de 1.500 crianças, a edição de 2017 dos Jogos Juvenis chega com uma novidade: o badminton fará, pela primeira vez, parte da competição. Chega-se, assim, a um lote de 11 modalidades onde se inclui, desde o ano passado, o desporto adaptado.

Tal como acontece com o ‘Gai@prende +’, a Câmara Municipal de Gaia vê nos Jogos Juvenis uma oportunidade de desporto para todos, fomentando assim o interesse pelo exercício físico e o espírito de equipa entre os mais novos, ao mesmo tempo que estreita a relação entre o poder local e a população.

Andebol, atletismo, basquetebol, futebol, ginástica, natação, ténis de mesa, voleibol, xadrez, desporto adaptado e badminton. São estas as modalidades da edição deste ano, cuja fase de freguesias está já a decorrer e se prolonga até ao mês de Abril. Seguem-se a fase concelhia, ao longo de Maio e Junho, e as finais, a 3 de Junho, culminando na festa de encerramento e entrega de prémios, a 10 de Junho.

A edição deste ano conta com uma parceria com o ISMAI e o IPMAIA. Isto porque, além da competição, os Jogos Juvenis trarão, também, dois debates a Gaia. O primeiro, agendado já para 30 de Março, versará sobre o tema ‘Desporto individual/desporto colectivo – uma escolha difícil’. O segundo debate acontecerá a 18 de Maio e intitular-se-á ‘Uma referência no desporto’, cabendo a moderação a Rui Cerqueira. Do programa deste ano consta ainda, a 12 de Abril, uma acção de formação creditada que abordará ‘Futebol, voleibol, ténis de mesa e atletismo’.

A ex-atleta Rosa Mota será a madrinha da edição de 2017 dos Jogos Juvenis de Gaia, enquanto Jorge Tormenta, antigo seleccionador nacional de andebol, será o padrinho. Também já são conhecidos os padrinhos das diferentes modalidades, onde constam nomes como Domingos Paciência, no futebol; Vanessa Fernandes, no atletismo; Miguel Martins, no andebol; Miguel Miranda, no basquetebol; e Pedro Bártolo, no desporto adaptado.

Os Jogos Juvenis 2017 foram apresentados esta manhã, numa cerimónia onde o vereador do Desporto da Câmara de Gaia destacou que “os Jogos Juvenis – um evento extraordinariamente importante, que irá marcar milhares de gaienses – pretendem ser uma lição para todos”.

José Guilherme Aguiar recordou “a importância que a iniciativa teve para o desenvolvimento desportivo do País”, nas suas já mais de trinta edições, e aproveitou para sublinhar a “manifestação de parceria” que representam e, ainda, a sua missão de “ensinar às nossas crianças que devem dar o seu melhor, mas sabendo que só um é que ganha”.

A ‘madrinha’ Rosa Mota marcou também presença e enalteceu o papel dos Jogos Juvenis, ao darem uma “oportunidade, a todos os jovens, de praticarem uma modalidade”, lembrando que sairão daqui “mais preparados para a vida”. “Quando os jogos acabarem vão ter mais amigos, e só por isso já vale a pena”, congratulou-se a medalhada de ouro em Seul.

Já o ‘padrinho’ Jorge Tormenta felicitou a Câmara de Gaia por desenvolver “um projecto de sensibilização desportiva e levar o desporto a todos”. “Que a prática desportiva seja aproveitada para fazer melhores adultos”, vaticinou.

A encerrar a cerimónia, o presidente da autarquia gaiense destacou, também, o “sentido pedagógico” dos Jogos Juvenis, decisivos para formar “jovens mais envolvidos, mais disciplinados e, no futuro, melhores cidadãos”.

Eduardo Vítor Rodrigues lembrou ainda o investimento do seu executivo na área do desporto, em duas vertentes – por um lado, na formação e no apoio à formação, e, por outro, na requalificação dos equipamentos desportivos do município, que tem representado um “investimento significativo”.





PARTILHAR