Liga NOS: Benfica vence Sp. Braga por 5-1 e continua na liderança...

Liga NOS: Benfica vence Sp. Braga por 5-1 e continua na liderança da prova

43

O SL Benfica recebeu e venceu o Sp. Braga, por 5-1, em encontro a contar para a 28ª Jornada da Liga NOS 2015/2016, disputado esta 6ª Feira no Estádio da Luz, em Lisboa.

Depois da paragem para os compromissos das Selecções e para as festividades da Páscoa, o Benfica entrou em campo disposto a vencer o Sp. Braga e somar mais 3 pontos, de modo a manter a liderança da competição interna.

Na próxima 3ª Feira, há duelo em Munique para a Liga dos Campeões e, por isso, o triunfo tinha de ser obtido o mais cedo possível para poder gerir e fazer descansar os jogadores mais influentes.

No entanto, o Sp. Braga também tem um duelo europeu (na 5ª Feira) e também tentou tratar das coisas o mais cedo possível, mas faltou-lhe a pontaria; nos primeiros 10 minutos, Wilson Eduardo atirou ao poste, e Rafa atirou para fora quando estava isolado e na “cara” de Ederson.

Em Braga, no desafio da 1ª Volta, os bracarenses também tiveram falta de eficácia, pois atiraram 3 bolas ao poste e desperdiçaram algumas boas oportunidades para marcar golos.

Como diz o velho ditado, “quem não marca, sofre”, e o Sp. Braga sofreu; sofreu um golo, logo aos 11 minutos, apontado por Mitroglou (um dos melhores em campo), e quando tentava reerguer-se sofreu o 2º, através de uma grande penalidade, cometida por André Pinto (mão na bola, um tanto ou quanto de forma ingénua).

Este golo foi o 97º da equipa ao longo desta temporada, e o 30º de Jonas na Liga NOS, que o coloca cada vez mais próximo da Bota de Ouro, apesar da forte concorrência de Gonzalo Higuain e Cristiano Ronaldo.

Pouco depois, Pizzi agarra na bola, enquadra-se com a baliza e atira forte e colocado, para o lado direito de Matheus, que se ainda atirou para defender, mas não conseguiu suster o remate vitorioso.

Ao intervalo, o Benfica vencia por 3-0 e tinha conseguido o seu objectivo, ou seja, construir um triunfo seguro e calmo em apenas 45 minutos, o que permitia descansar na segunda metade.

De facto, a segunda parte foi um descanso, até para a bola, pois as jogadas foram calmas e sem grande perigo para as balizas defendidas pelos guarda-redes Matheus e Ederson, dois jovens brasileiros que andam a dar cartas no futebol português.

Entre os 70 e os 75 minutos, o Benfica resolveu carregar no acelerador, e fez mais 2 golos (apontados por Mitroglou e Samaris) aumentando o “score” para 5-0, para grande alegria do técnico Rui Vitória.

Para o último minuto estava guardado uma decisão da equipa de arbitragem que veio acabar com uma polémica que já se arrastava há muito tempo: o facto dos árbitros não marcarem um grande penalidade contra o Benfica.

Na verdade, Nelson Semedo fez falta sobre Pedro Santos, e o mesmo médio apontou o golo de honra da equipa bracarense, que deixou a goleada menos pesada, mas ainda assim o Sp. Braga não merecia sair da Luz com 5 golos sofridos.

Com este resultado, o Benfica continua na 1ª posição, esperando agora o resultado do Sporting para saber com quantos pontos de vantagem fica à entrada para a 29ª ronda.

Já o Sp. Braga mantém o 4º posto, esperando agora pelos resultados do Arouca e do Rio Ave para saber se continua com uma folga enorme para os seus perseguidores mais directos.