WRX 2017: Timmy Hansen e o Peugeot 208 WRX a um passo...

WRX 2017: Timmy Hansen e o Peugeot 208 WRX a um passo da vitória na Bélgica

Liderando a quase totalidade da prova em Mettet, Timmy Hansen ali alcançou um brilhante 2º lugar, garantindo ao Team Peugeot Hansen um terceiro pódio consecutivo

37

Terceiro mais rápido após as sessões de Qualificação, Timmy Hansen alcançou uma brilhante vitória na sua Semi-Final, confirmando, assim, a ascensão do PEUGEOT 208 WRX. Logo a seguir viria a dominar a Final, assumindo com autoridade o comando da prova no início da 3ª volta, mas um furo com a bandeira de chegada à vista impediu-o de manter a vantagem acumulada.

Autor de um bom primeiro dia, Sébastien Loeb não conseguiu juntar-se ao seu companheiro de equipa na Final. Empurrado para fora da pista no início da sua Semi-Final por outro concorrente – tal como aconteceu na Q4 – e com o carro muito danificado, o piloto francês não pôde completar essa ronda em boas condições.

Foi um fim-de-semana muito movimentado para Kevin Hansen. Após duas boas performances ao volante do seu PEUGEOT 208 WRX, na versão 2016, o Campeão Europeu capotou na Q3, percalço de que saiu incólume, o mesmo não acontecendo com o seu carro, que não pôde ser reparado. Sê-lo-á para a próxima corrida.

Comentários

Kenneth Hansen, Director de Equipa
“Fizemos progressos ao longo de todo o fim-de-semana. Na Final tivemos as cartas para ganhar, mas na última curva o Timmy teve um furo, facto que o sentenciou ‘in extremis’ ao 2º lugar, a menos de um segundo do vencedor. Caso contrário, as diferenças de tempos mostram que o PEUGEOT 208 WRX iria impor-se. Quanto ao Sebastian, ele foi vítima da primeira curva de Mettet, que muitas vezes faz parte da lotaria, impedindo-o de se expressar na sua Semi-Final”.

Timmy Hansen, Piloto do PEUGEOT 208 WRX #21
“Fiz um bom arranque na Final, permitindo-me seguir atentamente o Petter Solberg. Ultrapassei-o na 3ª volta e não facilitei, mesmo estando ele a apertar-me contra os pneus. A seguir fiz, talvez, a minha melhor volta de sempre no ralicross. Decerto não a vou esquecer. Uma vez na liderança, fiz uma volta que achei perfeita, mas foi-me dito pelo rádio que tinha de ser ainda mais rápido e foi isso que fiz, mesmo que parecesse impossível. Foi incrível! Conduzir um carro com este tipo de performance é o meu objectivo de vida! Infelizmente, tive um furo na última volta e saí da Joker Lap no 2º lugar. Foi pena! Tivemos a vitória nas mãos… Mas foi muito bom assinar um novo pódio”.

Sébastien Loeb, Piloto do PEUGEOT 208 WRX #9
“Para mim, o balanço deste fim-de-semana é necessariamente decepcionante. Tive um bom ritmo até à Q3, mas infelizmente, tudo correu mal na Q4. A Semi-Final também não foi melhor, pois fui empurrado para fora da pista no exterior da primeira curva. Consegui voltar, mas o tubo do turbo soltou-se e o carro parou. Espero sentir-me melhor na próxima prova, em Lydden Hill”.

Kevin Hansen , Piloto do PEUGEOT 208 WRX #71
“O fim-de-semana não começou realmente bem logo desde a sessão de treinos de Sexta-feira,. Não tinha um bom ‘feeling’ do carro. No Sábado partimos de uma nova base e estava melhor. Fiz bons resultados na Q1 e Q2, apesar da pista estar muito degradada. As pequenas mudanças que fizemos no carro seguiam na direcção certa, mas infelizmente capotei na Q3 e o meu fim-de-semana terminou. Estou bem, tenho apenas algumas dores, nomeadamente no ombro, mas dentro de alguns dias tudo deverá estar esquecido. Estarei pronto para Lydden Hill. Na verdade, estou certo de que, como costume, os meus mecânicos irão fazer tudo para reparar o meu carro até lá, algo que agradeço com a devida antecedência”.



Classificações

Mettet, Bélgica (14 Maio 2017) – Final
1º Johan Kristoffersson (Volkswagen Polo GTI)
2º Timmy Hansen (PEUGEOT 208 WRX)
3º Petter Solberg (Volkswagen Polo GTI)
4º Mattias Ekström (Audi S1)
5º Kenneth Eriksson (Ford Fiesta)
6º Andreas Bakkerud (Ford Focus RS)

Campeonato – Pilotos
1º Mattias Ekström (Audi S1), 101 pontos
2º Johan Kristoffersson (Volkswagen Polo GTI), 98
3º Petter Solberg (Volkswagen Polo GTI), 87
4º Timmy Hansen (PEUGEOT 208 WRX), 72
5º Sébastien Loeb (PEUGEOT 208 WRX), 61
6º Andreas Bakkerud (Ford Focus RS), 52
7º Timo Scheider (Ford Fiesta), 49
8º Toomas Heikkinen (Audi S1), 42
9º Ken Block (Ford Focus RS), 39
10º Reiniss Nitis (Audi S1), 37

Campeonato – Equipas
1º Volkswagen PSRX,185 pontos
2º EKS Audi, 143
3º Team Peugeot Hansen, 133
4º Hoonigan Racing Division, 91
5º MJP Racing Team Austria, 81
6º STARD, 51