WEC 2017: Nelsinho Piquet começa fase asiática com as 6 Horas de...

WEC 2017: Nelsinho Piquet começa fase asiática com as 6 Horas de Fuji

Embalado após o pódio nos EUA, Nelsinho Piquet inicia fase asiática do Mundial de Endurance. Depois de enfrentar pistas desconhecidas, o piloto da Rebellion Racing corre em autódromos nos quais já tem bastante quilometragem.

38

Nelson Piquet Jr - Rebellion RacingO Campeonato Mundial de Endurance inicia no próximo fim-de-semana a sua fase asiática com as 6 Horas de Fuji, no Japão, e Nelsinho Piquet chega embalado após o terceiro lugar na categoria LMP2 na última etapa, em Austin (Estados Unidos).

Ao contrário das últimas corridas, disputadas em pistas nas quais Nelson Piquet Jr. ainda não tinha pilotado, o piloto brasileiro da Rebellion Racing vai competir com o protótipo Oreca #13 em três circuitos já conhecidos; além da prova em Fuji, o FIA WEC terá etapas em Xangai (China) e Sakhir (Bahrein).

Nelsinho, aliás, guarda lembranças muito positivas de Fuji. Foi lá que em 2008 ele fez uma das suas melhores provas na Fórmula 1, quando chegou a liderar a corrida por duas vezes (sete voltas) e terminou em quarto lugar.

Localizado ao pé do famoso Monte Fuji, ponto culminante do Japão (3.776 metros), o circuito japonês tem 4,563 quilómetros e uma das mais longas rectas do automobilismo mundial, com 1.475 metros. O traçado tem uma combinação de curvas de alta velocidade e um miolo de baixa. O clima na região costuma ser instável e a previsão indica chuva para o fim-de-semana.

A programação em Fuji inicia-se na Sexta-feira com a realização de dois treinos livres. No Sábado, serão disputados mais um treino livre e a classificação para determinar o grid de largada. A corrida tem início previsto para as 23h de Sábado (11h de Domingo no Japão).

O site oficial da categoria (www.fiawec.com) transmite a prova para os assinantes.

“Agora o campeonato entra na fase asiática, em pistas que conheço bem e gosto bastante. Com isso, espero um resultado melhor do que nas últimas duas corridas, em circuitos onde eu nunca tinha andado. Estou muito motivado para estas três etapas e nesta recta final podemos tomar mais riscos para terminar melhor no campeonato”, comentou Nelsinho Piquet.