Volta a Portugal 2016: Nazaré e Arruda dos Vinhos são novidade na...

Volta a Portugal 2016: Nazaré e Arruda dos Vinhos são novidade na prova

Região de amantes do ciclismo e berço de equipas e ciclistas de nomeada, os territórios do Oeste já mereciam o justo prémio de acolher uma etapa completa

548

“Região de fervorosos amantes do ciclismo e berço de equipas e ciclistas de nomeada, como é o caso do malogrado Joaquim Agostinho, há muito que os territórios do Oeste já mereciam o justo prémio de acolher uma etapa completa da Volta a Portugal”.

As palavras de Pedro Folgado, presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste espelham a satisfação de ver Nazaré e Arruda dos Vinhos no mapa da 78ª Volta Portugal Santander Totta, que se realiza entre 27 de Julho e 7 de Agosto. Os dois municípios constituem uma dupla novidade na Volta deste ano, porque nunca figuraram no percurso da prova.

A oitava etapa que sairá da Nazaré, a 5 de Agosto, leva o pelotão até Arruda dos Vinhos, e terá 208,5 quilómetros, que, entre o Atlântico e a Serra de Montejunto, visitará os Municípios de Alcobaça, Caldas da Rainha, Óbidos, Bombarral, Lourinhã, Torres Vedras, Cadaval, Alenquer e Sobral de Monte Agraço. Será o penúltimo dia de competição e a mais longa tirada dos últimos cinco anos.

No início do dia, a caravana instala-se no Sítio da Nazaré, o emblemático centro histórico da vila nazarena às 10h. Antes da chegada à vila de Arruda dos Vinhos, serão discutidas três metas volantes (Bombarral, Torres Vedras e Sobral Monte Agraço) e três contagens de montanha (Montejunto – 2ª cat., Alenquer – 4ª cat. e Arranhó – 3ª cat.). A meta em Arruda estará instalada na Av. Eng. Adriano Brito da Conceição e vai receber o fim da etapa cerca das 17h15.

Pedro Folgado, presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste, considera a presença da prova um contributo para o desenvolvimento económico e social do Oeste.

“A par do vasto público que a caravana arrasta, a Volta a Portugal é um veículo de marketing territorial de excelência, podendo beneficiar em muito a região”.

Região Oeste na Volta

Seis concelhos e 65 presenças são os ‘números redondos’ da contribuição do litoral oeste para a história da mais importante prova do calendário velocipédico nacional. A título de exemplo, a cidade de Caldas da Rainha é uma das protagonistas mais assíduas da Região Oeste. Nos quase 90 anos que a prova celebra, já foi palco de 16 partidas e 14 chegadas. A estreia aconteceu logo na 1ª edição, em 1927, com uma presença dupla. António Carvalho (Carcavelos) consolidou a liderança na chegada às ‘Termas da Rainha’, como também é conhecida a cidade, e no dia seguinte daí saiu de Amarelo até Lisboa, onde foi consagrado vencedor da 1ª Volta a Portugal em Bicicleta.