FC Porto: Vandalizado património de administradores da SAD

FC Porto: Vandalizado património de administradores da SAD

O restaurante de Alexandre Pinto da Costa e o escritório de Adelino Caldeira foram "grafitados" com palavras nada abonatórias para os visados

60

O empate do FC Porto em Paços de Ferreira, em jogo realizado no passado Sábado, já teve consequências nefastas para o património de Alexandre Pinto da Costa e Adelino Caldeira, administradores da SAD portista.

O restaurante do filho do Presidente do FC Porto, situado na Foz do Rio Douro, foi vandalizado, pois a montra e a porta do referido espaço estavam escritas com críticas ao seu proprietário.

“Aqui se cozinha o polvo à la Comissão” e “Alexandre Traidor €” foram as duas frases escritas a “spray” preto, ou seja aquelas tintas que se usam para “grafitar” vários muros espalhados pelas cidades.

Na fachada do escritório de Adelino Caldeira, as frases também não eram nada abonatórias para o visado, já que se podia ler “Abutres e Comissionistas Associados” e “Depoitre é a culpa do Ferrari vermelho?”.

Recorde-se que já há muito tempo que os adeptos portistas contestam a política da “compra e venda” de jogadores, pois consideram que se vendem os melhores e compram-se atletas medianos, mas que rendem comissão bastante alta aos intermediários do processo ou negociação.