V. Setúbal: Edinho responde às críticas e nega ser do Benfica

V. Setúbal: Edinho responde às críticas e nega ser do Benfica

Depois de criticar Bruno de Carvalho através da sua página no Facebook, o avançado Edinho recebeu centenas de respostas de adeptos leoninos

90

O avançado Edinho, actualmente ao serviço do V. Setúbal, voltou a usar a sua página da rede social Facebook para responder às criticas de que foi alvo durante a tarde desta 5ª Feira.

Recorde-se que o avançado criticou fortemente o Sporting (especialmente Bruno de Carvalho) e foi “bombardeado” com mensagens de indignação por parte de adeptos leoninos.

Edinho começou por dizer que o polémico lance do encontro desta 4ª Feira entre sadinos e lisboetas é “claro e não deixa dúvidas; é falta dentro da grande área e, por isso, penalty; só não vê quem não quer”.

O dianteiro sadino acrescentou ainda que “todos os clubes merecem respeito e nunca quis faltar ao respeito ao Sporting; simplesmente fui protagonista de um lance que muitos dizem que é polémico, mas que para mim não tem nada de errado; sofri uma falta, pois quando estava sozinho e preparado para rematar vem um jogador do Sporting por trás e dá-me um empurrão; senti-me também no direito de responder às centenas de pessoas que me criticaram, sei que não devia fazê-lo por questões de profissionalismo, mas não tenho sangue de barata e quando as pessoas falam o que não devem, acabam por ouvir o que não querem”.

Quanto à acusação de ser benfiquista, feita por muitos utilizadores do Facebook ao longo da tarde, Edinho diz que “o Benfica merece o mesmo respeito que os outros clubes, seja o Sporting, o FC Porto ou outro clube qualquer; no entanto, no meu coração só tenho 2 clubes e toda a gente sabe quais são; um, é o Sporting Clube de Braga, pois fiz lá a minha formação e deu-me todas as condições enquanto lá estive, e o outro é o Vitória Futebol Clube, que é como uma família para mim, pois o meu pai jogou aqui e o clube não me «cortou as pernas» quando quis sair para o estrangeiro”.

O avançado terminou a sua publicação com um “bom ano a todos”, pois ainda não o tinha feito e toda esta polémica desviou-o daquilo que é mais importante e que realmente deve ser destacado.