Universíadas: João Geraldo e Jorge Costa representam Portugal no Ténis de Mesa

Universíadas: João Geraldo e Jorge Costa representam Portugal no Ténis de Mesa

34

Portugal estará representado por dois atletas de altíssimo nível, medalhados em europeus jovens, atletas com grande experiência internacional, o que nos leva a ter as melhores expectativas em relação ao seu rendimento durante a competição, conscientes do facto do nível competitivo estar muito elevado”.

Universiade 2015 - Ténis de MesaÉ assim que o treinador Francisco Santos descreve Jorge Costa e João Geraldo, estudantes-atletas que vão representar Portugal nas Universíadas de Verão em Gwangju, na Coreia do Sul, de 6 a 13 de Julho.

Jorge Costa, estudante-atleta da Universidade do Porto (U.Porto), sagrou-se no passado mês de Maio campeão nacional universitário da modalidade. É a primeira vez que o estudante de Engenharia e Gestão Industrial representa Portugal no desporto universitário, mas já representou a Selecção Nacional em provas internacionais.

Sinto que vai ser uma boa experiência, nunca estive presente num evento com esta dimensão”, partilha o atleta.

Em relação às expectativas para a competição, Jorge Costa afirma ainda não saber quem são os adversários dos outros países, “mas o nível é bastante alto“.

São atletas do top-100 mundial. Por isso, vamos tentar fazer o melhor e chegar o mais longe possível“.

João Geraldo, também estudante da U.Porto, já representou Portugal em vários momentos, quer nos escalões mais jovens, quer por séniores e tem conquistado títulos para o país, entre eles o de campeão europeu. Desde os 18 anos que joga no campeonato alemão, sendo actualmente atleta do TSV Bad Konigshofen.

Sinto que é mais uma prova e vou encará-la como todas as outras, vou dar o meu melhor e tentar obter o melhor resultado possível. Já tive a possibilidade de conhecer alguns jogadores, nomeadamente da equipa da França e do Japão, e todos eles são jogadores profissionais como eu e dois deles estão no top-50, o que significa que vai ser uma prova com nível de um Pro Tour e vai ser interessante jogar num torneio assim“, revela o atleta.

Francisco Santos, que vai orientar os dois estudantes, esclarece que os maiores desafios desta participação “serão ao nível do fuso horário, da aclimatização [grande percentagem de humidade], e, pelo facto de a prova se realizar no continente asiático, o nível competitivo estará muito alto”.

A competição de Ténis de Mesa decorre entre os dias 6 e 13 de Julho, prevendo-se que os atletas portugueses apenas entrem em acção a 9 de Julho, nas provas de singulares, de acordo com o calendário provisório anunciado (a confirmar).

Portugal já esteve presente com o Ténis de Mesa em anteriores edições das Universíadas, a última com o estudante-atleta Vitaly Efimov (Universidade da Madeira/Associação Académica da Universidade da Madeira), nas Universíadas de Shenzhen 2011.

A delegação portuguesa em Gwangju integra na totalidade dez modalidades: Andebol (m), Atletismo, Ginástica Artística, Esgrima, Judo, Natação, Remo, Taekwondo, Ténis de Mesa e Tiro com Arco.

Toda a informação sobre a participação de Portugal nas Universíadas pode ser acompanhada no site oficial da FADU e no Facebook em www.facebook.com/fadupt.