Universíadas: Estudantes-atletas são modelos de excelência do desporto e do ensino superior

Universíadas: Estudantes-atletas são modelos de excelência do desporto e do ensino superior

132

Os elogios e o reconhecimento ao mérito desportivo e académico dos estudantes-atletas que constituem a delegação portuguesa nas Universíadas de Verão 2015, em Gwangju (Coreia do Sul), marcaram a conferência de imprensa e sessão de apresentação que se realizou hoje, dia 18, no Salão Nobre do Palácio das Laranjeiras do Ministério de Educação e Ciência.

O Secretário de Estado do Ensino Superior, José Ferreira Gomes, tomou a palavra para passar uma mensagem de responsabilidade aos presentes.

A vós, que são um grupo à parte, o vosso papel é muito importante para o país e para o ensino superior. E é particularmente importante o exemplo de motivação que transmitem aos vossos colegas do ensino superior”, afirma.

Para José Ferreira Gomes, “o ensino superior não é só ensino, é educação, o que significa que pega no estudante como um jovem cidadão e forma-o dentro e fora da sala de aula. E quer-se que esta experiência seja em pleno”.

O Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, aproveitou o momento para reforçar a importância do estatuto de estudante-atleta e para mencionar o trabalho que tem sido feito no sentido de implementá-lo nas instituições de ensino superior.

Queremos deixar alguma coisa mais consolidada para o futuro. Não por uma questão de facilitismo, mas para garantir cada vez mais condições para que os nossos bons atletas tenham a possibilidade de se integrarem no ensino superior”, explica.

Terminou com o reforço da mensagem do colega de Governo, defendendo que “a juventude precisa de modelos e de heróis e vocês são uma referência para os vossos colegas. São jovens que acreditam e trabalham e é disso que o país precisa”.

Por fim, a presidente da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), Filipa Godinho, congratulou todos os presentes por “serem um exemplo do grande desafio que é conciliar um percurso académico e um percurso desportivo de excelência e por terem alcançado esta oportunidade de representar o nosso país ao mais alto nível”.

Aproveitou ainda para agradecer ao Ministério da Educação e Ciência/Secretaria de Estado do Ensino Superior, à Secretaria de Estado do Desporto e Juventude/Instituto Português do Desporto e Juventude, às várias instituições de ensino superior, ao Comité Olímpico de Portugal, às Federações Desportivas, aos parceiros e promotores, técnicos e dirigentes que contribuem para o sucesso da participação portuguesa nas Universíadas.

Informou também em primeira mão que, este ano, o porta-estandarte da delegação portuguesa vai ser Rui Bragança, atleta de Taekwondo. O estudante de Medicina na Universidade do Minho não esteve presente na sessão de apresentação por ainda se encontrar em Baku, onde há dois dias conquistou o ouro na categoria -58kg nos I Jogos Europeus.

Ainda sobre o estatuto estudante-atleta, a também chefe da missão portuguesa apelou aos presentes para serem porta-vozes desta causa nas suas salas de aula, sensibilizando os professores, “porque já temos muitos reitores e presidentes das instituições de ensino superior que aceitam este estatuto”.

A sessão de apresentação da delegação portuguesa contou também com a presença dos presidentes da Confederação do Desporto de Portugal e do Comité Paralímpico de Portugal. Da delegação portuguesa, estiveram presentes cerca de 20 atletas-estudantes e treinadores, assim como alguns oficiais.

O primeiro grupo a partir é o de Andebol. A Selecção Nacional Universitária segue para Macau, dia 24, para um estágio de preparação para as Universíadas.

A delegação portuguesa em Gwangju conta com 69 elementos, dos quais 46 atletas e 12 treinadores, que vão competir em dez modalidades: Andebol (m), Atletismo, Ginástica Artística, Esgrima, Judo, Natação, Remo, Taekwondo, Ténis de Mesa e Tiro com Arco, num projecto de participação e selecção dos estudantes-atletas, definido com as respectivas federações desportivas.

Toda a informação sobre a participação de Portugal nas Universíadas pode ser acompanhada no site oficial da FADU e no Facebook em www.facebook.com/fadupt.