Trail do Lince: Para ajudar a proteger uma espécie ameaçada

Trail do Lince: Para ajudar a proteger uma espécie ameaçada

84

No dia 30 de Julho, o Centro Desportivo Nacional do Jamor, em Lisboa, abriu as portas para a apresentação pública do I Trail do Lince, que decorre a 12 de Setembro, na região de Silves.

Queremos aproveitar o património natural e o nosso desporto, ajudando, ao mesmo tempo, uma espécie em grave perigo de extinção”, resumiu Mário Franco, manequim e mentor do projecto, na conferência de imprensa.

Responsabilidade social e sustentabilidade ambiental são os principais vectores do I Trail do Lince, que apela à reintrodução do lince ibérico no seu habitat. Para isso, Mário Franco, embaixador da World Wide Fund for Nature (WWF), pretende mobilizar vários quadrantes da sociedade, desde músicos a desportistas, instituições públicas e empresas.

Era um pequeno sonho e agora temos connosco instituições tão louváveis como o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas [ICNF], a Liga para a Protecção da Natureza [LPN], o Gabinete do Secretário de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, a Iberlinx ou a Algarve Trail Running [ATR]”, enumerou o responsável.

O Trail do Lince é a primeira iniciativa desportiva nacional que alerta para a “necessidade de conservação do lince ibérico”, realçou no dia da apresentação Paula Sarmento, presidente do ICNF. A intenção da organização e dos parceiros é clara.

Vamos levar muita gente ao território do lince e também trazer muitos turistas; lutar para que Portugal seja um país cada vez mais referenciado pela sua biodiversidade e levar mais longe o valor destes animais”, declarou a responsável sobre o I Trail do Lince.

Igualmente presente na conferência de apresentação do Trail do Lince, o secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Miguel de Castro Neto, chamou a atenção para o facto de não existir “um plano B quando se extinguirem espécies”, sendo necessário um “trabalho activo” da sociedade na defesa do património natural.

Na opinião de Ângela Morgado, da WWF, esta é uma “prova emblemática que defende uma causa e a natureza”.

A nossa mobilização enquanto cidadãos é absolutamente crítica; por isso, apoiamos todas as iniciativas e sonhos nesta área”, afirmou Tito Rosa, presidente da LPN.

Sobre os aspectos técnicos do percurso do Trail do Lince, Bruno Rodrigues, da ATR, salientou a “alta tecnicidade” do trajecto de 42 km, constituído por “estradões, single tracks, um desnível positivo acumulado de 1200 metros” e a paisagem “quase lunar” de algumas zonas da Serra de Silves.

Além do trail longo, que pode ser realizado individualmente ou por estafetas, haverá um trail curto (10 km) e uma caminhada (10 km).

Achámos que seria interessante para os atletas terem a oportunidade de correr no habitat do lince ibérico”, complementou Bruno Rodrigues.

Além das entidades oficiais, estiveram ainda presentes na conferência de imprensa vários embaixadores e figuras públicas que apoiam esta iniciativa.

O projecto Trail do Lince tem uma página no Facebook, onde poderá recolher mais informações, incluindo declarações de várias personalidades.

PARTILHAR