Tour de l’Avenir 2017: Rui Oliveira foi 9º na 3ª Etapa da...

Tour de l’Avenir 2017: Rui Oliveira foi 9º na 3ª Etapa da Volta a França do Futuro

O português Rui Oliveira foi hoje o nono classificado na terceira etapa da Volta a França do Futuro, uma ligação de 138 quilómetros, percorrida a alta velocidade, entre Missillac e Châteaubriant.

39

Rui Oliveira - Equipa PortugalO português Rui Oliveira foi hoje o nono classificado na terceira etapa da Volta a França do Futuro, uma ligação de 138 quilómetros, percorrida a alta velocidade, entre Missillac e Châteaubriant.

A tirada, percorrida a mais de 47 km/h, foi agitada por inúmeras tentativas de fuga, cuja diferença para o pelotão nunca foi superior a um minuto. Francisco Campos esteve envolvido numa dessas movimentações, mas acabaria mesmo por ser o pelotão compacto a discutir a vitória.

O mais veloz no terceiro dia de competição foi o campeão mundial de fundo na categoria de sub-23, Kristoffer Halvorsen, da Noruega. Seguiram-se o colombiano Álvaro José Hodeg e o britânico Christopher Lawless.

A Equipa Portugal esteve, mais uma vez, na luta pelas posições cimeiras e Rui Oliveira assegurou um posto no top-10, fechando a tirada na nona posição. Também no grupo principal, com o mesmo tempo do vencedor, chegaram Tiago Antunes, 44º, Hugo Nunes, 46º, Francisco Campos, 54º, José Neves, 75º, e André Carvalho, 123º.

“Foi uma etapa disputada a grande velocidade. Formaram-se muitos grupos e conseguimos colocar o Francisco Campos num desses grupos. O André Carvalho também desferiu um ataque, mas a velocidade foi tão elevada que nenhuma fuga resultou. Hoje corrigimos aspectos que não correram tão bem nos dias anteriores. Foi possível trabalhar em equipa para colocar o Rui para o sprint”, explica o seleccionador nacional, José Poeira.

O dinamarquês Kasper Asgreen segue na dianteira da classificação geral, tendo 4 segundos de vantagem sobre os 112 corredores que lhe sucedem na tabela. Tiago Antunes é o melhor luso, no 32º lugar, Hugo Nunes é 37º, Rui Oliveira 39º e Francisco Campos 104º, todos no lote de ciclistas a 4 segundos da camisola amarela. José Neves é 118º e André Carvalho 119º, os dois a 43 segundos.

A Equipa Portugal está na 17ª posição colectiva, com o mesmo tempo da formação segunda classificada, ou seja, a 4 segundos da Dinamarca, que comanda.

Etapa de Segunda-feira

Amanhã, 21 de Agosto, corre-se a 4ª Etapa, de Derval a Saumur, com 166,6 km (1383 metros de acumulado). Ao quarto dia, os sprinters continuam a jogar em casa… Desde que as equipas com os melhores velocistas consigam ter mão no pelotão, o que não é fácil com o espírito combativo das corridas de sub-23 e com blocos de apenas seis corredores por formação.