Torneio das 8 Nações 2016: Resumo do jogo Portugal – Espanha

Torneio das 8 Nações 2016: Resumo do jogo Portugal – Espanha

Portugal (4º Poule B) mede forças amanhã com a Holanda (3º da Poule A), ao passo que a Bélgica (3º Poule B) vai encontrar pela frente à Suíça (4ª Poule A).

93

A Alemanha, que confirmou hoje, ao vencer a Holanda pela margem máxima, o primeiro lugar na Poule A, vai defrontar amanhã a Espanha (2ª da Poule B), enquanto a Itália (2ª Poule A) enfrenta, nas meias-finais do Torneio das 8 Nações, da categoria de Sub-17 femininos, a disputar, até Domingo, no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos, a França (1º da Poule B).

Portugal (4º da Poule B) mede forças amanhã (20h00) com a Holanda (3º da Poule A), ao passo que a Bélgica (3º Poule B) vai encontrar pela frente a Selecção da Suíça (4ª Poule A), no quarto dia de prova do Torneio das 8 Nações.

Todos os jogos podem ser seguidos em directo no canal youtube da Federação de Voleibol.

Portugal x Espanha, 0-3 (19-25, 14-25 e 23-25)

Portugal entrou da melhor forma no jogo: dois ataques de Isabel Castro e dois serviços directos de Teresa Guedes desequilibraram o marcador (5-0). A reacção das espanholas não se fez esperar (5-6), mas a equipa das quinas aguentou e chegou ao 1º tempo técnico a vencer por 8-5.

Portugal voltou a distanciar-se (12-7), mas a Espanha igualou através de Teresa Morell (12-12). A Selecção Nacional voltou a distanciar-se com mais um serviço directo de Teresa Guedes (15-13), mas a garra de ‘nuestras hemanitas’ foi recompensada com a liderança (17-16), que logo foi alargada (21-17) até o ponto final, conseguido por Guadalupe Mamone: 25-19.

No segundo set, dois blocos consecutivos tornaram mais evidente a superioridade das espanholas na defesa alta (12-6). Adriana Corcelles rubricou o 20-11 e hipotecou as hipóteses de as portuguesas lutarem pela vitória. Resultado: 25-14.

Portugal entrou em força no terceiro set (5-1, 9-3, 10-5), mas as espanholas não desistiram de lutar (10-8, 11-10). Um serviço directo de Catarina Candeias voltou a distanciar Portugal (13-11), que atingiu a segunda paragem obrigatória com a vantagem mínima (16-15).

A Espanha passou para a frente aos 18-17, mas Portugal, apoiado por um público entusiástico, voltou a recuperar a liderança com um serviço directo de Teresa Guedes (21-20). Contudo, chegadas ao resultado de 23-23, as espanholas lograram fechar o set com dois serviços directos de Aina Far: 25-23.