Team Peugeot Total foi o grande vencedor do Silk Way Rally 2016

Team Peugeot Total foi o grande vencedor do Silk Way Rally 2016

Despres, Castera e o seu 2008 DKR venceram o Silk Way Rally 2016. Esta nova vitória do PEUGEOT 2008 DKR confirma a sua performance e a sua fiabilidade.

132

Cyril DESPRES / David CASTERA e o seu PEUGEOT 2008 DKR #104 venceram o Silk Way Rally 2016. Depois de Stéphane PETERHANSEL / Jean-Paul COTTRET, dupla que ganhou o Dakar 2016, em Janeiro último, e o China Grand Rally, em Setembro do ano passado, esta nova vitória do PEUGEOT 2008 DKR confirma a sua performance e a sua fiabilidade, recompensando o trabalho esforçado das formações da Peugeot Sport de há dois anos a esta parte.

Solidariedade e espírito de equipa são as palavras-chave da equipa, incluindo pilotos e navegadores, tendo sido colocadas em evidência na perfeição ao longo dos 10.000 km que ligaram Moscovo a Pequim.

Ao longo de todo o rali, o PEUGEOT 2008 DKR deu provas de uma fiabilidade e de um nível de performance exemplares. Nenhum incidente travou a corrida das 3 viaturas ao longo dos 10.000 km de uma prova exigente, tanto para os homens, como para as mecânicas.

À partida para a 14ª Etapa do Silk Way Rally na manhã de ontem, a dupla Cyril DESPRES / David CASTERA preparou-se para viver os quilómetros mais longos da sua jovem carreira nas quatro rodas. Tratava-se de completar os 261 km do sector cronometrado sem cometer erros, num bom ritmo e poupando o carro. Apesar de um susto no final do percurso, com um pequeno alerta técnico que Jean-Paul COTTRET (navegador do carro #100) rapidamente resolveu, eles terminaram a etapa no 6º lugar, garantindo, desde logo, a vitória naquela que foi apenas a sua 4ª prova em automóveis.

A dupla Sébastien LOEB / Daniel ELENA concluiu a última etapa do Silk Way Rally com mais um pódio, o seu 10º na prova. Regulares nos seus esforços, registando um progresso impressionante ao longo das etapas, os nónuplos Campeões do Mundo do WRC provaram que a sua nova carreira nas dunas está bem e recomenda-se. Apesar de um erro de percurso, pago muito caro a três dias da chegada, relegando-os para o 7º lugar final, a dupla sairá de Pequim ainda mais forte.

Depois de terem sido parados no seu caminho para a vitória por uma série de capotanços na etapa 5, Stéphane PETERHANSEL e Jean-Paul COTTRET foram uma grande ajuda e de uma solidariedade exemplar ao longo de todo o percurso, prestando, muitas vezes, assistência aos Peugeot #102 e #104. Para lá do seu papel de aguadeiros de luxo, aqueles confessaram terem sentido um prazer enorme e ficado com outra visão da corrida neste estatuto.

Comentários

Bruno FAMIN, Director do Team Peugeot Total – Director da Peugeot Sport
“Foi um espírito de equipa, sem falhas, que animou o conjunto da equipa, a todos os níveis. O mais visível foi a entreajuda incrível de que deram prova as 3 duplas de pilotos, mas isso também é válido para o conjunto de toda a equipa, como se viu quando foi preciso reconstruir a viatura do Stéphane e do Jean-Paul, com todos empenhados no processo! Estamos, obviamente, muito satisfeitos por termos triunfado neste rali extremamente difícil, em que pudemos colocar em evidência todas as qualidades do PEUGEOT 2008 DKR que, como o constatámos com um pequeno número de incidentes, já atingiu agora um bom nível de maturidade. Tínhamos, ainda, como objectivo ganhar mais experiência com as nossas formações e com o carro, levando os 3 carros até Pequim e vencer a corrida. Todos esses 3 objectivos foram atingidos!”

Cyril DESPRES – 6º lugar na Etapa / 1º lugar da Geral
“É emocionante, incrível, ainda mal acreditamos no que sucedeu! É a primeira vez que ganho um rali com o David e juntos pudemos aprender tanta coisa entre Moscovo e Pequim! Quase que ganhámos uma Especial em cada duas. Sentimos confiança e prazer. A equipa Peugeot Sport fez um trabalho notável e agradeço-lhes por isso. A viatura é o máximo, já consigo agora divertir-me num carro”.

Stéphane PETERHANSEL – 9º lugar na Etapa / 15º lugar da Geral
“O PEUGEOT 2008 DKR é realmente um carro verdadeiramente incrível! Andou que foi uma maravilha! Foi performante todos os dias. Obrigado a toda a equipa Peugeot Sport. A prova foi muito interessante para nós, onde tivemos a possibilidade de conduzir em inúmeros tipos de terreno e em condições, por vezes, muito difíceis, sob forte calor. Tivemos, mesmo assim, alguns azares, pois queríamos vencer a corrida. Mas estamos muito contentes pelo Cyril e pelo David. O Cyril deixou de correr de moto há dois anos e já ganha nos automóveis… Conseguiu o que queria!”

Sébastien LOEB – 2 ºlugar na Etapa / 7º lugar da Geral
“Acalmámo-nos depois do Dakar e trabalhámos muito. Agora, depois do Silk Way Rally, sobressaem coisas ainda mais positivas: fizemos muitos quilómetros, isto é, estivemos imenso tempo dentro do carro, a lutar, a rodar, a colaborar. Fomos melhorando na linguagem, nos códigos, nos reflexos, na gestão da pressão, da mecânica, do ritmo da corrida. Trabalhámos ambos para nos mantermos em jogo, já que no WRC era o Daniel quem se ocupava sozinho da estrada. Agora, quando por vezes as coisas tinham que ser feitas pelos dois, discutimos os rastos na pista, ajudávamo-nos e escutávamo-nos um ao outro, demo-nos espaço, ganhámos confiança. Rolar com bom ritmo, isso já o sabíamos fazer. Mas penso também que identificámos bem os nossos erros, nas dunas ou na navegação e que não iremos, por isso, voltar a cometê-los na próxima prova. Próxima etapa para mim: uma nova jornada do Campeonato do Mundo de WRX no Canadá… e a seguir as férias!”

Classificações

14ª Etapa (Wuhai – Hohhot)
1.Yazeed Al Rahji (SAU) / Timo Gottaschalk (DEU), Mini, 3h44m10s
2. Sébastien Loeb (FRA) / Daniel Elena (MC), Peugeot 2008 DKR, + 2m42s
3. Harry Hunt (GBR) / Andreas Schulz (DEU), Mini, + 3m21s
4. Vladimir Vasilyev (RUS) / Konstantin Zhiltsov (RUS), Mini, + 3m31s
5. Cornelis Koolen (NDL) / Pascal Larroque (FRA), MD Rallye Sport, + 4m51s
6. Cyril Despres (FRA) / David Castera (FRA) PEUGEOT 2008 DKR, + 5min36s

9. Stéphane Peterhansel (FRA) / Jean-Paul Cottret (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, + 11m42s

Geral (após a 14ª Etapa)
1. Cyril Despres (FRA) / David Castera (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, 36h15min18s
2. Yazeed Al Rajhi (SAU) / Timo Gottschalk (DEU), Mini, +25min51s
3. Vladimir Vasilyev (RUS) / Konstantin Zhiltsov (RUS), Mini, +49min46s
4. Harry Hunt (GBR) / Andreas Schulz (DEU) , Mini, +1h54min472s
5. Aidyn Rakhimbayev (KAZ) / Anton Nikolaev (RUS), Mini, + 2h12min45s

7. Sébastien Loeb (FRA) / Daniel Elena (MC), PEUGEOT 2008 DKR, +4h02min01s

15. Stéphane Peterhansel (FRA) / Jean-Paul Cottret (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, +9h27min03s

O Pódio em Pequim

A caravana do Silk Way Rally toma agora a direcção de Pequim, num total de 507 km que irão ser percorridos em comboio, até ao ‘Ninho de Pássaro’, onde todo o Team Peugeot Total celebrará a vitória de Cyril Despres e David Castera durante a Cerimónia do Pódio, que será transmitida em directo pelas antenas da CCTV.

Os números do Team Peugeot Total no Silk Way Rally 2016

* 9 vitórias em Especiais, em 12 Etapas disputadas (Etapas 1, 3, 4, 5, 7, 9, 10, 12, 13)
* 1 dobradinha (Etapa 10)
* 1 tripla (Etapa 9)
* 9 vezes com 2 carros no pódio de uma Especial (Etapas 1, 3, 4, 6, 7, 8, 9, 10, 13)
* Cyril DESPRES / David CASTERA: 5 vitórias (Etapas 3, 5, 7, 9, 12)
* Stéphane PETERHANSEL / Jean-Paul COTTRET: 4 vitórias (Etapas 1, 4, 10, 13)
* Sébastien LOEB / Daniel ELENA: 10 pódios em Especiais, 4 vezes em 2º, 1 vez em 1º