Talent Spy e F3M ajudam a revitalizar futebol moçambicano na captação e...

Talent Spy e F3M ajudam a revitalizar futebol moçambicano na captação e gestão de talentos

Organizado pelo Talent Spy, o I Fórum de Scouting, a decorrer em Maputo no próximo dia 4, pretende reflectir sobre o futuro do futebol moçambicano, evidenciando bons exemplos mundiais e demonstrando a importância de ferramentas como Talent Spy para a captação e gestão de talentos desportivos.

54

1º Forum Scouting de MoçambiqueA F3M e o Talent Spy, uma solução tecnológica exclusivamente portuguesa, direccionada para o scouting, vão promover em Maputo o Fórum de Scouting de Moçambique, o primeiro grande evento internacional do género naquele país. Já com uma forte implementação naquele país africano, o Talent Spy está presente em mais de 100 países, sendo também utilizado por vários clubes de futebol dos EUA, Brasil, Argentina, Espanha, Sérvia e Angola, além de Portugal.

No evento, que contará com a participação de mais de uma centena de profissionais, dirigentes e jogadores, vão marcar também presença várias personalidades ligadas ao desporto, como o Ministro da Juventude e Desporto, Alberto Nkutumula; o Director Geral do Instituto Nacional do Desporto, Salazar Picardo; o presidente da Liga Moçambicana de Futebol, Ananias Couana; e o seleccionador nacional de Moçambique, Abel Xavier, entre muitos outros nomes incontornáveis do desporto nacional e mundial.

Organizado pelo Talent Spy, em colaboração com a F3M, F3M Moçambique e com o Ministério da Juventude e Desportos de Moçambique, o I Fórum de Scouting, a decorrer em Maputo no próximo dia 4, pretende reflectir sobre o futuro do futebol moçambicano, evidenciando bons exemplos mundiais e demonstrando a importância de ferramentas como Talent Spy para a captação e gestão de talentos desportivos.

O papel do estado, de clubes e de outras entidades na potenciação de talentos e na procura dos melhores resultados serão também assuntos em análise.

O Talent Spy é uma plataforma totalmente portuguesa que agrega serviços de formação e consultoria na área do scouting, a uma solução tecnológica para gestão de jogadores e equipas com foco no registo de dados de observação individual e colectiva. Esta solução informática é actualmente usada por mais de 10 mil utilizadores em cerca de 100 países e integra uma base de dados com informação sobre mais de 140.000 jogadores de 6.000 equipas, ligados a 250 competições em 50 países.

Os clubes que formaram os dois melhores jogadores da actualidade, o português Sporting Clube de Portugal (Cristiano Ronaldo) e o argentino Newell’s Old Boys (Messi) também utilizam o Talent Spy para procurar novos talentos. Mas são vários os clubes que possuem esta solução implementada, nomeadamente o S.L. Benfica para a modalidade de futsal, o Vitória de Setúbal, o Estoril Praia, entre outros.

Fora do país, o software já é utilizado em geografias tão distintas como no Brasil, no Internacional de Porto Alegre; na Sérvia, no Estrela Vermelha; nos EUA, no Three Rivers Soccer Club; em Luanda, no Atlético Petróleos e na Academia de Futebol de Angola; em Espanha, no Real Jaén CF; entre muitas outras referências.

O Talent Spy surgiu a partir do Grupo F3M composto pela empresa mãe, a F3M, mais duas companhias em Portugal – a Dot Pro e a Megalentejo – e duas internacionais – a F3M Angola e a F3M Moçambique. Dedicada ao desenvolvimento de software para mercados sectoriais – Economia Social, Ópticas, Indústria Têxtil, Imobiliário e Desporto – a F3M dedica-se também à integração de soluções de infraestrutura tecnológica.