Taça de Portugal de Karting 2016: Resumo da Final, por categorias

Taça de Portugal de Karting 2016: Resumo da Final, por categorias

Vencedores: Maria Neto (Inic), Adrian Malheiro (Cad), Rodrigo Ferreira (Jún), Guilherme Oliveira (Juv), Bruno Ponte (X30 Sup) e Henrique Chaves (X30 Shift).

230

Maria Germano Neto (Iniciação), Adrian Malheiro (Cadetes), Rodrigo Ferreira (Júnior), Guilherme Oliveira (Juvenis), Bruno Ponte (X30 Super) e Henrique Chaves (X30 Shifter) venceram as respectivas categorias da Taça de Portugal de Karting Tranquilidade.

Coube à Categoria Júnior abrir a luta pela Taça de Portugal e assistiu-se a mais um duelo entre Rodrigo Ferreira (Praga) e Simão Ventura (CRG), que terminaram separados por 0,724”, com Guilherme Roldão (Tonykart) a completar o pódio, sem nunca ter estado em condições de lutar pela vitória.

Fantástica a corrida da Categoria Juvenis, com os três primeiros a travarem um duelo intenso, com constantes mudanças de posição, que só terminou em cima da meta, com Guilherme Oliveira (FA) a levar a melhor sobre Luís Alves (FA) e Mariana Pacheco (Praga), que completaram o pódio, com o trio da frente a ficar separado por 0,279”, o que traduz o que foi o duelo em pista.

A emoção aumentou na corrida da Categoria Cadete, com os três primeiros a festejarem a vitória, já que terminaram separados por 0,039”, depois de uma luta que durou até ao último centímetro, com a vitória a pertencer a Adrian Malheiro (Praga) que bateu, em cima da meta, Ivan Domingues (Madcroc) e Lourenço Marques (Tonykart).

Surpresa na Categoria Iniciação, com Maria Germano Neto (Birel), que tinha estado discreta ao longo de todo o fim-de-semana, a conquistar a Taça de Portugal, depois de deixar Santiago Alves (Birel), a 13,308”, com João Gouveia (Birel), que parecia ser o mais sério candidato à vitória, a completar o pódio.

Golpe de teatro na corrida da Categoria X30 Super, com Ricardo Borges (Birelart), que estava a controlar a corrida e parecia ter a vitória assegurada, a desistir, aparentemente, traído pela mecânica, o que permitiu a Bruno Ponte (Zanardi), que o seguia como uma sombra, conquistar a Taça de Portugal à frente de Andriy Pits (CRG) e de João Pereira (Madcroc).

A fechar o programa, Henrique Chaves (CRG) venceu a corrida da Categoria X30 Shifter, a categoria rainha do karting, com Hugo Marreiros (DR) e Mariano Pires (Sodikart) a seguirem-no de perto, mas sem nunca estarem em condições de o ultrapassar.

Classificações

JÚNIOR – 1º Rodrigo Ferreira (Praga), 17 voltas, em 13’10,638”; 2º Simão Ventura (CRG), a 0,724”; 3º Guilherme Gusmão (Tonykart), a 4,107”; 4º Melle Ouwens (Zanardi), a 17,323; 5º Rodrigo Leitão (Tonykart), a 7 voltas.

JUVENIS – 1º Guilherme Oliveira (FA), 15 voltas, em 12’37,999”; 2º Luís Alves (Haase), a 0,103”; 3º Mariana Machado (Praga), a 0,279”; 4º Rodrigo Correia (Ricciard), a 2,736”; 5º Jesse Doorgeest (Hasse), a 4,900”.

CADETES – 1º Adrian Malheiro (Praga), 12 voltas, em 10’31,665”; 2º Ivan Domingues (Madcroc), a 0,018”; 3º Lourenço Marques (Tonykart), a 0,039”; 4º Tomás Martins (DR); a 5,404”; 5º Rafael Rego (CRG), a 6,387”.

INICIAÇÂO – 1º Maria Germano Neto (Birel), 6 voltas, em 8’11,611”; 2º Santiago Alves (Birel), a 13,308”; 3º João Gouveia (Birel), a 14,704”; 4º Pedro Cachada (Birel), a 17,328”; 5º Rodrigo Ferreira (FA), a 4 voltas.

X30 SUPER – 1º Bruno Ponte (Zanardi), 17 voltas, em 12’46,832”; 2º Andriy Pits (CRG), a 0,607””; 3º João Ferreira (Madcroc), a 6,692”; 4º Jorge Areia (Praga), a 7,075”; 5º Rui Andrade (Tonykart), a 14,014”.

X30 SHIFTER – 1º Henrique Chaves (CRG), 15 voltas, em 10’53,968”; 2º Hugo Marreiros (DR), a 0,700”; 3º Mariano Pires (Sodikart), a 1,012”; 4º André Serafim (Tonykart), a 5,344”; 5º Miguel Matos (Birel), a 5,844”.