Taça de Portugal: Uma história com muitos golos

Taça de Portugal: Uma história com muitos golos

Apesar de não ser o clube com mais Taças de Portugal conquistadas (este título pertence ao Benfica), o recordista da maior goleada da prova é o Sporting, que em 1970 bateu o modesto Mindelense, por 21-0.

24

Taça de PortugalA 3ª Eliminatória da Taça Placard começa já esta 5ª Feira e o MultiDesportos mostra-lhe agora um pouco da história desta competição (a 2ª maior do futebol português) com muitos golos.

Esta será a primeira eliminatória com equipas da I Divisão (ou se preferir, Liga NOS), e a diferença entre as formações ainda em prova não são muito diferentes, mas nem sempre foi assim.

Tempos houve em que todas as equipas entravam na eliminatória inaugural, o que originava encontros bastante desequilibrados e com goleadas que actualmente já não se utilizam.

Apesar de não ser o clube com mais Taças de Portugal conquistadas (este título pertence ao Benfica), o recordista da maior goleada da prova é o Sporting, que em 1970 bateu o modesto Mindelense, por 21-0.

A equipa de Cabo Verde não teve argumentos para bater uma equipa, que tinha Fernando Peres como “estrela-maior”; o facto de terem de viajar para Portugal e de jogarem pela primeira vez num campo relvado fez “mossa” e deixou a formação africana “sem rumo”.

O leitor pode estranhar o facto do Sporting ter defrontado uma equipa de Cabo Verde, em jogo a contar para a Taça de Portugal, mas como o jogo se realizou antes da Revolução militar, conhecida por Revolução dos Cravos ou 25 de Abril (por ter ocorrido nesse dia do ano de 1974), todos os clubes das ex-colónias africanas participavam na prova.

Apesar do Sporting ser o “rei” neste capítulo, o pódio não é ocupado pelos “velhos rivais” dos “leões”; a honra cabe ao histórico Belenenses, que venceu o Vila Franca do Rosário, por 17-0 (em 1982), e ao modesto Madalena, que derrotou o Vasco da Gama de Sines, por 16-2, em 2001.

Benfica e FC Porto também têm goleadas interessantes e apesar de não ocuparem o pódio também merecem destaque, pois os “azuis-e-brancos” bateram a Sanjoanense, por 15-1, com 6 golos de Pinga e outros tantos de Araújo, enquanto o Benfica venceu o modesto Riachense, por 14-1, com 6 golos de Ricky, curiosamente os únicos marcados com a camisola do clube lisboeta.

Lista das 15 maiores goleadas da história da Taça de Portugal

Sporting – Mindelense (21-0)
Belenenses – Vila Franca do Rosário (17-0)
Vasco Gama Sines – Madalena (2-16)
FC Porto – Sanjoanense (15-1)
Benfica – Riachense (14-1)
Varzim – Guarda (13-0)
O Elvas – CD Faro (13-0)
FC Porto – Portimonense (13-1)
Benfica – AC Viseu (13-1)
Benfica – Marinhense (12-0)
Penafiel – Mirandela (12-0)
Sporting – União Bissau (12-0)
Benfica – Luso (12–0)
Sporting – Vitória de Guimarães (12-0)
Leixões – FC Porto (1-12)